Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Drubscky lamenta “empate amargo” após sofrer gol no fim

Joinville (SC)

O Joinville esteve muito perto de vencer o Ceará, nesta terça-feira, em Santa Catarina, pela 19ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Abriu 1 a 0 no segundo tempo, mas sofreu o empate aos 41 minutos, desperdiçando a chance de chegar à quarta vitória seguida na competição nacional. Por causa disto, segundo o técnico Ricardo Drubscky, o resultado contra o Vozão teve um sabor “amargo”.

“Fica um gosto amargo por ter empatado esse jogo, apesar de o Joinville não ter feito uma grande partida; Porém, também não merecia empatar de maneira nenhuma, teve mais chances de fazer gols”, afirmou o comandante, antes de completar: “A equipe procurou jogar, mas encontrou dificuldade, principalmente no segundo tempo”.

Além de interromper a boa sequência do JEC, o jogo desta terça impediu a equipe catarinense de chega à quarta partida sem sofrer gols na Série B. Por causa disto, os defensores do time também lamentaram o 1 a 1 diante do Ceará. “Paciência, acontece, é futebol. Conseguimos sair pelo menos com um ponto. A gente queria os três pontos, mas agora é tranquilizar, ter cabeça no lugar”, disse Diego Jussani.

“A equipe se portou bem nos dois tempos. O Lulinha, numa característica dele, vindo de trás, acabou concluindo, mas nossa equipe não deixou de atacar. Não vamos nos desmerecer de jeito nenhum. Infelizmente perdemos pontos, mas vamos tentar encontrar a vitória no próximo jogo”, acrescentou Sandro, já se referindo ao confronto desta sexta-feira, diante do Bragantino, em São Paulo.

Neste momento, ao fim da 19ª rodada, última do primeiro turno, o Joinville ocupa a quinta posição com 31 pontos, mesmo número do Sport, que “fecha” o G-4. Questionado sobre o desempenho da equipe tricolor nesta primeira metade de competição, o técnico Ricardo Drubscky elogiou e mostrou otimismo para o decorrer do campeonato.

“O legado que foi construído ao longo do primeiro turno é que estamos numa situação satisfatória para que possamos arrancar pelo acesso. As próximas rodadas mostrarão essa mesma equipe, cada vez mais organizada e criando mais chances ao longo das partidas”, encerrou o comandante, que estará mais uma vez à frente do banco de reservas do JEC, nesta sexta-feira, contra o Bragantino, às 21h50 (de Brasília).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade