Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Dunga exalta compactação do Internacional contra Ponte Preta

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Uma das principais críticas que se fazia ao Internacional em sua sequência de empates, quando levava muito gols, era a de que o time não atuava de forma compacta – defesa e ataque estavam separados por um clarão no meio do campo. Contra Corinthians e Ponte Preta, duas vitórias recentes, o time gaúcho conseguiu corrigir este problema. O técnico Dunga fez questão de frisar isso em sua coletiva após a vitória por 3 a 1 em Campinas, neste sábado.

“O jogo está aí. A gente se movimentou mais quando teve a bola, isso foi uma modificação. Quando tivemos a bola conseguimos também ser mais compactos”, elogiou o treinador colorado. “Ganhar é sempre importante, pois nos dá tranquilidade. As equipes que estão na nossa frente vencem seguidamente, e não podemos perder contato. Temos que segui-las de perto”, completou.

Contra a Ponte, o Inter chegou ao oitavo jogo invicto dentro do Brasileiro. No entanto, como as duas vitórias recentes vieram seguidas de seis empates, o aproveitamento neste período é de 50,0%, inferior aos 55,6% do time gaúcho em todo o campeonato. Dentre os grandes clubes brasileiros, ninguém perdeu menos que o Inter em 2013: somando Brasileirão, Copa do Brasil e Gauchão, foram apenas quatro derrotas, num total de 46 jogos oficiais.

Agora, o Internacional terá dois jogos seguidos em casa. Na terça-feira, cumprirá duelo atrasado da décima rodada, contra o Santos. Na quinta-feira, abre o returno diante do Vitória. Ambos os embates ocorrerão no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade