Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Edinho pede planejamento contra “maratona” no calendário brasileiro

Rio de Janeiro (RJ)

Mais um jogador do Fluminense resolveu se pronunciar contra o calendário do futebol brasileiro. Com a experiência de ter atuado na Europa, o volante Edinho juntou-se a Diego Cavalieri, Felipe e Rafael Sobis, membros do movimento Bom Senso FC, e cobrou mudanças no desgastante planejamento do esporte no país.

“Eu joguei fora do país, em um time médio para pequeno da Itália (Lecce). Lá, fiz uma pré-temporada de 50 dias. Fora do país tem essa preparação melhor, para que se possa aguentar o impacto dos jogos durante o ano. Aqui [no Brasil], a pré-temporada dura no máximo 15 dias e temos essa sequência toda de jogos. Se você olhar, no decorrer dos jogos estão todos um pouco cansados por essa maratona”, disse o camisa 5 tricolor à Rádio Tupi.

Para Edinho, a alteração no calendário brasileiro não será benéfica apenas para os atletas. Segundo o volante, os clubes e os torcedores também serão beneficiados caso haja uma mudança no planejamento das próximas temporadas.

“ É uma coisa que tem que se conversar, tem de melhorar. Nós jogadores somos seres humanos e tem atletas, na maioria dos clubes, lesionados pelo excesso de jogos. Então é uma coisa que precisa ter realmente um planejamento melhor, para que o espetáculo seja cada vez melhor para o público”, conclui.

Nelson Perez/Fluminense FC
Edinho comparou calendários de Brasil e Europa e pediu mudanças nos próximos anos

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade