Futebol/Série D - ( - Atualizado )

Em casa, Juventude busca virada diante do Londrina para ir às quartas

Caxias do Sul (RS)

Após ser derrotado com um gol relâmpago logo nos primeiros minutos do jogo de ida das oitavas de final, o Juventude recebe o Londrina neste domingo em Caxias do Sul-RS precisando vencer por mais de um gol para se classificar diretamente para as quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro.

Para isso, a equipe aposta no recorde positivo do estádio Alfredo Jaconi, onde está invicta como mandante há 53 partidas. Durante a semana, o técnico Lisca fechou os treinos e escondeu o time que deve enfrentar o Tubarão.

Apesar disso, o time já tem o desfalque confirmado do atacante Rogerinho, suspenso por acúmulo de cartões. Douglas e Clayton disputam a vaga. Outra dúvida está no meio, onde Vacaria, Chicão e Rodrigo Possebom, ex-Santos, disputam a vaga deixada com a saída do volante Rogério.

Já o Londrina poderá contar com a volta do meia Celsinho, ex-Portuguesa, diante dos gaúchos. No entanto, o técnico Cláudio Tencati ainda não definiu se manterá o esquema com três volantes e o uruguaio Nico Díaz, autor do gol na partida de ida, na armação, ou se um dos meias defensivos sairá para a entrada de Celsinho.

Também no Sul, mas em Santa Catarina, o Metropolitano recebe o Santo André precisando de uma simples vitória para se classificar após o 0 a 0 no jogo de ida no ABC. Paulo Roberto, treinador do Ramalhão, disse que a equipe espera consertar os erros da primeira partida para garantir a classificação fora de casa: “Em um jogo decisivo é necessário aquele algo a mais, que faltou no primeiro duelo disputado aqui em Santo André. O que precisamos, é ter a mesma atitude que apresentamos contra o Juventude e o Marcílio Dias. Não existe vantagem para nenhum dos lados e ambos terão situações favoráveis. Será preciso atuar com inteligência”.

Já em Mato Grosso, o Resende visita o Mixto tentando manter a vantagem garantida com a vitória por 2 a 1 obtida na primeira partida. Justamente pela necessidade de vencer, a equipe local poderá manter a formação com três atacantes, com Geílson, Rafael Paty e Jonatas Obina na frente e a volta de Geovani na armação após cumprir suspensão.

Quem também joga fora de casa após ter vencido o jogo de ida por 3 a 1 é o Central-PE, que vai à Paraíba enfrentar o Botafogo, que para se classificar tem que vencer por dois ou mais gols de diferença. Mas, apesar da necessidade de gols, a única mudança que o técnico Marcelo Vilar fará deve ser a ent4rada do zagueiro uruguaio Mario Larramendi no lugar de André Lima, expulso na última partida, para formar a dupla de zaga ao lado de Marcel.

‘Vamos manter a base que já temos. Mas agora que a gente conhece o adversário sabemos os pontos fortes e os pontos frágeis deles. E como consideramos todos os jogadores titulares, a gente fica a vontade para escolher aquele time que vai se comportar de uma maneira que vai nos dar a classificação no domingo”, defendeu o treinador.

Confira o horário desta e de outras partidas de domingo pelas oitavas de final da Série D do Brasileirão:

15h30 Juventude x Londrina-PR
16h00 Botafogo-PB x Central
16h00 Metropolitano-SC x Santo André
17h00 Nacional-AM x Salgueiro
19h00 Mixto x Resende

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade