Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Em casa, Paysandu surpreende e derrota a Chapecoense por 2 a 1

Belém (PA)

Em duelo de times que vivem momentos distintos na Série B do Campeonato Brasileiro, o Paysandu recebeu a vice-líder Chapecoense, no estádio da Curuzu, e jogando dentro de casa, o time paraense não deu chances para o rival e venceu pelo placar de 2 a 1.

Os gols do triunfo do Papão foram marcados no primeiro tempo. Logo aos quatro minutos, Yago Pikachu abriu o placar e, dois minutos depois, Eduardo Ramos fez o segundo gol. Aos 47 da etapa final, Bruno Rangel fez o gol de honra da Chapecoense.

Com o resultado positivo, o Paysandu chega aos 27 pontos conquistados no campeonato, encerra uma sequência de três jogos sem vencer e dorme fora da zona de rebaixamento. Já a Chapecoense perde a segunda consecutiva, estaciona nos 46 pontos, mas continua na segunda posição da Série B.

Na próxima terça-feira, dia 1º de outubro, às 19h30 (de Brasília), o Paysandu volta a entrar em campo, desta vez para jogar contra o Guaratinguetá, fora de casa, no estádio Dario Rodrigues Leite. No mesmo horário, a Chapecoense busca a reabilitação, em casa, na Arena Condá, contra o ASA.

O jogo – A partida começou movimentada no estádio da Curuzu e os donos da casa não demoraram a abrir o placar. Já aos quatro minutos de jogo, Heliton cruzou, Marcelo Nicácio desviou a bola na primeira trave e Yago Pikachu recebeu a bola e cabeceou para o gol, fazendo 1 a 0 para o Paysandu.

Arte GE.Net

Dois minutos após o primeiro gol, o Paysandu contou com uma falha do goleiro Juliano para ampliar a vantagem. Eduardo Ramos finalizou, o arqueiro da Chapecoense tentou agarrar a bola, mas sofreu um grande frango e viu a equipe da casa fazer 2 a 0 com apenas seis minutos de confronto.

Aos oito, a Chapecoense teve a primeira chance de diminuir a desvantagem. Soares tocou para Paulinho Dias, que bateu de primeira, mas o goleiro Paulo Rafael fez boa intervenção.

Minutos mais tarde, o Paysandu voltou a assustar a Chapecoense em algumas oportunidades. Aos 19, Zé Antônio viu a bola sobrar e finalizou de primeira. O chute assustou o goleiro Juliano. Um minuto depois, mais uma grande chance de o Paysandu ampliar. Em bonita jogada coletiva, Djalma tocou para Eduardo Ramos, que bateu para o gol e quase fez.

E a equipe da casa queria mais. Aos 25 minutos, Yago Pikachu teve a chance de marcar o seu segundo na partida e o terceiro do Paysandu, mas desperdiçou a chance.

O time catarinense só voltou a ter uma boa oportunidade aos 36, quando a bola sobrou para Nenén, mas o meia mandou o arremate para fora.

Antes do término da primeira etapa, o Papão da Curuzu teve mais uma grande chance. Heliton invadiu a área, aos 45 minutos, livrou-se da marcação e bateu de canhota. A finalização passou perto da meta defendida pelo arqueiro Juliano.

Aos cinco minutos do segundo tempo, a Chapecoense levou perigo para o gol do Paysandu por duas vezes seguidas, em finalizações de Nenén e Soares, mas Paulo Rafael fez boas defesas e evitou o primeiro gol da equipe visitante.

Aos 24, o Paysandu quase anotou o terceiro. Em contra-ataque, Aleilson mandou para Marcelo Nicácio, que mandou de primeira, mas a bola passou no travessão. Um minuto depois, a Chapecoense passou perto de diminuir, quando o zagueiro Pablo, do Paysandu, quase marcou gol contra.

O Paysandu teve mais uma grande chance, aos 35, quando Djalma arriscou de fora da área, mas Juliano fez uma boa defesa.

E depois de muito insistir, a Chapecoense ainda chegou ao gol de honra, aos 47 minutos, com Bruno Rangel, que marcou após cobrança de falta de Athos, mas já era tarde demais para o empate. Paysandu confirmou o importante triunfo diante de sua torcida, por 2 a 1.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade