Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Espanha aguarda aval da Fifa para convocar brasileiro Diego Costa

Madri (Espanha)

A Federação Espanhola de Futebol espera acertar até a próxima semana a autorização para convocar o brasileiro Diego Costa para a seleção local. De acordo com o jornal As, o atacante do Atlético de Madri já foi naturalizado espanhol em julho, dependendo agora de um aval da Fifa para defender a atual campeã mundial.

A possibilidade de o atacante defender a Fúria vem sendo debatida já há alguns meses, perdendo um pouco de força quando o atleta foi convocado pelo técnico Luiz Felipe Scolari para os amistosos do Brasil contra Itália e Rússia, em março. O atacante chegou a entrar em campo por alguns minutos pela Seleção principal.

Porém, segundo as informações do As, os jogos não devem impedir o aval da Fifa, já que a regra da entidade prevê que “um jogador com mais de uma nacionalidade pode mudar de federação se não jogou uma partida internacional A de competição oficial pela seleção em que se encontre”.

AFP
Atacante chegou a defender Brasil em amistoso, mas Espanha está confiante em ter aval da Fifa (Foto: Dani Pozo)
Assim, como disputou apenas amistoso pelo Brasil, Diego Costa pode ser liberado para defender a Espanha. A Federação Espanhola de Futebol obteve uma resposta positiva da Fifa em uma consulta informal, mas foi orientada a enviar um pedido formal. Agora, a FEF aguarda a resposta oficial, que pode sair entre esta semana e a próxima.

A imprensa do país europeu informa que Diego Costa aceitou trocar de seleção, mesmo sabendo que nunca mais poderia defender o Brasil. O atacante, de 24 anos, chegou ao Atlético em 2007, sendo cedido depois a Sporting de Braga, Celta de Vigo, Albacete e Valladolid, antes de retornar à equipe madrilena. O brasileiro é um dos artilheiros do Campeonato Espanhol, com sete gols, mesmo número de Lionel Messi.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade