Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Flamengo admite risco de cair, mas se apega a 21 jogos restantes

São Paulo (SP)

O Flamengo saiu do Pacaembu goleado por 4 a 0 e sendo obrigado a admitir que, há quatro partidas sem vencer no Campeonato Brasileiro, corre o risco de rebaixamento. Mas o clube, a três pontos da faixa de descenso ao final desta 17ª rodada, lembra que ainda tem 21 jogos a disputar na competição.

“Faltam uns 20 jogos ainda”, disse o goleiro Felipe, sincero, na sequência, ao definir o compromisso de quarta-feira, contra o Vitória, em Brasília, como decisivo. “Mas é um risco que corremos, estamos há quatro jogos sem vencer no Brasileiro e na quarta-feira temos um jogo em casa que precisamos ganhar.”

O Rubro-negro se classificou para as quartas de final da Copa do Brasil ao vencer o Cruzeiro por 1 a 0 no Maracanã, nessa semana, mas, pela liga nacional, não ganha desde os 3 a 0 impostos sobre o Atlético-MG em 4 de agosto. De lá para cá, no Brasileiro, empatou com Goiás e São Paulo e perdeu de Grêmio e Corinthians.

“O Campeonato Brasileiro é jogo a jogo. Temos condições de subir na tabela”, falou o meio-campista Elias, na tentativa de minimizar os prejuízos da goleada sofrida no Pacaembu. A ideia é aumentar a confiança para sair do 15º lugar e abrir distância para a zona de rebaixamento.

Felipe adotou a mesma estratégia do capitão do Flamengo em suas declarações. “Perder é ruim, independentemente do placar, seja por um ou dez gols, são três pontos a menos”, simplificou o goleiro, confessando, porém, a fraca atuação neste domingo. “Jogamos muito abaixo do nosso normal, mas agora é esquecer”, definiu.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Felipe admitiu atuação abaixo do normal do Flamengo no Pacaembu e apontou decisão contra o Vitória na quarta

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade