Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Fluminense quer ganhar clássico nas arquibancadas do Maracanã

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

Vivendo um excelente momento no Campeonato Brasileiro, em que não perde há sete jogos, o Fluminense, oitavo colocado, com 33 pontos, já começa a pensar no G-4. A oito pontos da zona de classificação para a Libertadores, o Tricolor tem uma partida chave nesta quarta-feira, quando faz clássico com o Botafogo, a partir das 21 horas (de Brasília), no Maracanã, pela 25ª rodada. Cientes da necessidade de um triunfo para pegarem de vez embalo, os tricolores entendem que o apoio da torcida será fundamental.

“Acredito sinceramente em mais um jogo muito equilibrado, como foram todos entre Botafogo e Fluminense ao longo desta temporada. São dois grupos de muita qualidade e, independentemente do momento dos times, é imprevisível o resultado. Sendo assim, realmente é muito importante termos o apoio dos nossos torcedores. Em um clássico isso pode acabar fazendo toda a diferença”, disse o atacante Rafael Sóbis.

Pensamento parecido tem o goleiro Diego Cavalieri. “O Fluminense tem conseguido resultados importantes no Maracanã, principalmente quando a torcida comparece em bom número para apoiar os jogadores e incentivar o time durante os 90 minutos. Trata-se de um clássico, contra um adversário que vem fazendo uma grande competição e está brigando pela conquista do título. Sabemos que vamos ter muitas dificuldades e temos que usar todas as armas que estejam à disposição”, disse o arqueiro.

Nelson Perez/Fluminense FC
Tricolores querem usar as aquibancadas do Maracanã para vencer clássico contra o Botafogo
Na visão do lateral-esquerdo Carlinhos, em um jogo como o desta quarta-feira, a torcida poderá fazer a diferença em alguns momentos. “Em alguns momentos de um jogo como se desenha o de quarta-feira, o apoio da torcida pode acabar fazendo toda a diferença. Falo isso desde a entrada em campo, quando o jogador fica satisfeito de ver o seu lado da arquibancada tomado, passando inclusive pelos momentos em que a partida está equilibrada e os torcedores começam a empurrar os jogadores para cima do adversário. Acredito sinceramente que a torcida é um aliado muito importante do Fluminense no Rio de Janeiro e não podemos abrir mão disso”, explicou o lateral.

“O Fluminense tem problemas para este jogo contra o Botafogo, pois não terá lateral pelo lado direito. Isso porque Bruno e Igor Julião, reserva imediato do setor, foram advertidos com o terceiro cartão amarelo na vitória de 2 a 1 sobre o Goiás, e terão que cumprir suspensão. Assim, o volante Jean terá que ser improvisado no setor, com Rafinha, que retorna de suspensão, muito provavelmente entrando no meio-de-campo. Porém, a definição da formação titular deverá ficar mesmo para o treino que está previsto para a tarde desta terça-feira, nas Laranjeiras, e que vai anteceder ao início do período de concentração para o clássico.

Fora de campo, a diretoria segue negociando a contratação do meia argentino Darío Conca, que está no futebol chinês e que já pode assinar um pré-contrato, pois fica livre a partir de janeiro. Porém, ainda existe um abismo entre o salário pedido pelo jogador e o que foi oferecido pelos dirigentes do clube carioca. Além disso, a negociação vinha sendo conduzida por Sandro Lima, que deixou o cargo de vice-presidente de futebol recentemente. O Tricolor está com o sinal de alerta ligado, pois existem outros clubes do futebol brasileiro interessados em Conca, como o Corinthians, que já fez algumas sondagens, e o Cruzeiro, que já começa a projetar a disputa da próxima Libertadores.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade