Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Fluminense visita o Atlético-PR se espelhando no adversário

Curitiba (PR)

Buscando recuperação, o Fluminense enfrenta o Atlético-PR, nesta quarta-feira, na Vila Capanema, em confronto válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Furacão, que chegou a figurar na zona de rebaixamento, conseguiu uma grande arrancada, se encontra há 12 jogos invicto e chegou aos 34 pontos, aparecendo na quarta posição. O Tricolor, por sua vez, faz campanha irregular, apesar de ter feito 1 a 0 no Bahia no último sábado. Com 22 pontos, o time carioca continua perto da zona de rebaixamento.

O fato de se espelhar no adversário não é algo que os jogadores do Fluminense escondam. "O Atlético-PR mostrou que com uma boa sequência é possível se aproximar da parte de cima da tabela de classificação, e é nisso que temos que pensar. Nós ganhamos do Bahia em casa no fim de semana, e se conseguirmos vencer esse difícil compromisso, podemos pegar o tão esperado embalo", afirmou o zagueiro Gum.

Os jogadores do Furacão, por sinal, também olham para o momento do rival e minimizam as dificuldades que estão sendo encontradas pelo Fluminense. "O Fluminense é um time que sempre vai merecer o nosso respeito, pois possui muitos jogadores de qualidade e não é o atual campeão brasileiro por acaso’, disse o meia Paulo Baier.

Se os dois times estão atentos ao momento do adversário, os tricolores entendem que a boa fase do rival possa ser explorada. Para isso pregam o máximo de atenção na defesa. "O Atlético costuma impor uma pressão muito forte quando joga em casa e parte logo disposto a decidir o resultado a seu favor. Muito porque a torcida também empurra, e vamos precisar ser inteligentes para tirarmos proveito desta situação. Tenho convicção de que se formos eficientes para conter esse ímpeto, vamos encontrar os espaços necessários para construirmos a vitória a nosso favor", alertou o volante Edinho.

Para este jogo, Vanderlei Luxemburgo, técnico do Fluminense, terá um ataque totalmente diferente do que foi visto contra o Bahia. Rhayner, que cumpriu suspensão contra os baianos, e Rafael Sobis, poupado no fim de semana, reaparecem nas vagas de Marcos Junior e Samuel, respectivamente..

Arte GE.Net
O desafio para o Furacão a partir de agora é repetir no segundo turno a mesma campanha surpreendente do primeiro e, se possível, até melhorá-la, já que o início de competição, especialmente antes da chegada do técnico Vagner Mancini, não foi dos mais promissores. A equipe que retornou da Série B como uma incógnita agora já se credenciou a uma vaga na Libertadores da América e fala até mesmo em título.

Para o goleiro Weverton, essa mudança de rumo, de postura do grupo, está ligada à chegada do treinador após a Copa das Confederações, já que sua maneira de lidar com o elenco, dando oportunidades e criando um padrão, minimiza desfalques que aparecem pelo caminho. "A equipe tem um comando, o Mancini tem o grupo na mão. Entra um, sai outro, e a equipe continua com a mesma postura, não se desorganiza e tem uma forma de jogar que é muito boa para o grupo", avaliou o camisa 1.

Para a partida, o comandante rubro-negro poderá arrumar seu setor defensivo, desfalcado diante do Vasco. Luiz Alberto, que recebeu seis pontos na cabeça após uma dividida, e Manoel, recuperado de uma amigdalite, treinaram normalmente. De qualquer forma, Dráusio fica de sobreaviso. Zezinho segue improvisado na lateral enquanto Pedro Botelho e William Rocha – este fora até 2014 - seguem vetados.

As duas equipes já se enfrentaram neste Brasileirão, logo na estreia. Naquela ocasião, jogando no Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé, o Fluminense levou a melhor e derrotou o Atlético por 2 a 1. Rafael Sobis e Samuel marcaram os gols do Tricolor, que dividia a sua atenção com a Copa Libertadores e, por isso, preservou alguns titulares. Manoel descontou para o Furacão

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X FLUMINENSE

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 11 de setembro de 2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Fabricio Neves Correa (RS)
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Zezinho; Bruno Silva, João Paulo, Paulo Baier e Everton; Marcelo e Ederson
Técnico: Vagner Mancini

FLUMINENSE: Diego Cavalieiri; Bruno, Gum, Anderson e Carlinhos; Edinho, William, Rafinha e Wagner; Rhayner e Rafael Sobis
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade