Futebol/Série D - ( - Atualizado )

Forte ataque é arma do Tupi para superar a Aparecidense nas oitavas

Juiz de Fora (MG)

Dono da melhor campanha da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro, o Tupi-MG enfrenta neste sábado a Aparecidense-GO, pela volta das oitavas de final da competição, com a vantagem de poder empatar sem gols para se classificar para as quartas. Mas, mesmo após segurar o 1 a 1 no jogo de ida em Aparecida de Goiás, o Galo Carijó não quer correr riscos e por isso fará uso de seu forte ataque, o segundo mais efetivo da competição, para tentar liquidar a eliminatória.

Para a partida, que acontece no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora-MG, às 18h30 (horário de Brasília), o técnico Felipe Surian deu prioridade nos treinos à armação de jogadas e testou uma formação mais ofensiva com três atacantes para o confronto decisivo. Dessa forma, Wesley, Núbio Flávio e Ademilson, artilheiro da Série D com nove gols, serão titulares.

O único desfalque da equipe mineira para a partida é o volante Felipe Lima. Suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo no jogo de ida, ele será substituído por Maicon Douglas.

Por outro lado, o Camaleão, comandado pelo treinador Karmino Colombini, chega com seu setor defensivo reforçado para o confronto. O volante Abuda, que cumpriu suspensão na primeira partida, volta ao time neste sábado, assim como o zagueiro Higo, recuperado de lesão. Mesmo assim, o time sabe que tem de marcar pelo menos dois gols para se classificar sem passar pelos pênaltis e para isso contará com André Leonel e Diego Lira no ataque, municiados pelo armador Renato Xavier, autor de um gol de falta na ida.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade