Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Por primeira trinca, São Paulo volta a desafiar algoz Atlético-MG

Tossiro Neto e Wanderson Lima São Paulo (SP)

O São Paulo deixou a zona de rebaixamento no fim de semana, após 12 rodadas, e agora tenta se distanciar ainda mais dela com uma terceira vitória consecutiva, algo que ainda não conseguiu no Campeonato Brasileiro. O adversário, às 21h50 (de Brasília) desta quarta-feira, será um de seus principais algozes no ano, o Atlético-MG.

As duas equipes já se enfrentaram cinco vezes neste ano, sendo que a paulista venceu apenas um jogo (na fase de grupos da Libertadores, quando conseguiu, com muito custo, avançar ao mata-mata). O time mineiro ganhou os outros três duelos no torneio continental, dois deles nas oitavas de final. No último encontro, pelo Brasileiro, deu empate.

"Temos que jogar como estamos jogando. Com determinação e organização tática, que vai ser muito importante. Em cinco jogos, tivemos uma vitória, e eles tiveram três. Ainda estão na vantagem. Chegou nossa hora de vencer", diz o meia Ganso, cada vez mais solto na equipe, ainda mais agora, sob comando de Muricy Ramalho.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Única vitória do São Paulo sobre o Atlético-MG foi em maio, dia em que Paulo Henrique Ganso se destacou
Além do ex-santista, grande destaque na única vitória sobre o Atlético em 2013, o treinador voltou a apostar em Jadson, mesmo sob o risco de que eles não consigam se encaixar juntos ao mesmo tempo. O camisa 10 foi quem cobrou os dois escanteios que originaram os gols da vitória sobre o Vasco, no domingo, a qual finalmente tirou o São Paulo do sufoco.

Muricy não vai mexer muito em relação à escalação que armou em São Januário, mas uma troca é certa: o zagueiro Rafael Toloi recebeu o terceiro cartão amarelo e deve dar lugar a Rodrigo Caio, que atuou como volante no Rio de Janeiro. A vaga no meio-campo consequentemente será herdada por Denilson, que volta depois de cumprir suspensão. A principal novidade é a entrada de Welliton no lugar de Osvaldo, atacante que não balança a rede desde o fim de fevereiro.

No Atlético, invicto há sete jogos, o técnico Cuca gostou do desempenho ante o Grêmio e, se não tiver problemas de última hora repetirá, a formação contra o São Paulo. O volante Leandro Donizete, recuperado de contusão, ainda não tem condição física ideal para atuar durante todo o tempo. Por isso, segue no banco de reservas, com Josué entre os titulares.

Desfalque certo é o meia-atacante Guilherme, que se submeteu a exame de ressonância magnética e teve constatado estiramento de grau dois no músculo adutor da coxa esquerda. Além do jogador, o zagueiro Gilberto Silva e o lateral Carlos César também estão entregues ao departamento médico e fora de combate no Galo.

O atacante Jô, presente nos últimos encontros com o São Paulo, acredita que o fato de o Atlético tê-lo eliminado na Libertadores possa gerar uma espécie de sentimento de revanche no Morumbi, mas destaca a boa campanha alvinegra como um dos pontos favoráveis.

"O São Paulo voltou a viver um bom momento. São duas vitórias seguidas, como nós, e agora vem toda aquela rivalidade dos jogos da Libertadores de volta. Eles vão querer vir para cima, estão motivados, só que estamos também. Conseguimos dar uma embaladinha, só não podemos perder esse pique", declarou.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X ATLÉTICO-MG

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 18 de setembro de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Wagner de Almeida Santos (RJ)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Denilson, Maicon, Ganso e Jadson; Welliton e Luis Fabiano
Técnico: Muricy Ramalho

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva, e Júnior César; Pierre, Josué, Tardelli e Ronaldinho; Fernandinho e Jô
Técnico: Cuca

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade