Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Grêmio usa derrota em 2012 para evitar zebra contra a Lusa

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Uma das derrotas mais inesperadas do Grêmio no Campeonato Brasileiro do ano passado foi justamente contra a Portuguesa, adversária deste sábado. Em pleno Olímpico, o time gaúcho levou 2 a 1 da Lusa, resultado que acabou custando, lá no fim do certame, o vice-campeonato e a vaga direta à Copa Libertadores da América.

Aquele tropeço, no entanto, teve sua utilidade: serve agora de exemplo para que a equipe não seja surpreendida na Arena neste sábado: “o perigo está em nós mesmos. A gente tem o exemplo do ano passado, quando vínhamos em uma sequência boa e fomos surpreendidos por eles naquele jogo. Precisamos estar vacinados para não errarmos daquela mesma forma”, alerta o meia Zé Roberto.

Lucas Uebel/GFBPA
Grêmio se relembra de tropeço para a Portuguesa no ano passado: alerta está ligado para a recuperaração no Brasileiro
Já Kleber, autor do único gol gremista naquele jogo de 2012, usa um exemplo ainda mais recente: a difícil vitória sobre a Ponte Preta, por 1 a 0, no último sábado. “Nós precisamos manter o percentual de vitórias dentro de casa. Não é mais fácil pegar um time que está mais atrás. Contra a Ponte Preta a dificuldade foi muito grande. A Portuguesa nos tirou pontos quando vínhamos bem no ano passado. Conheço jogadores que atuam lá e sei que não será um jogo simples”, adverte.

O Gladiador pediu que a torcida compareça à Arena neste sábado, às 21h, e ainda comparou a força do novo estádio gremista com o velho caldeirão do Olímpico: “a presença do torcedor é fundamental. Na Arena o torcedor consegue jogar mais junto, a gente sente isso em campo, pois tem barulho, o som é mais abafado”, analisou o camisa 30 tricolor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade