Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Grupo de situação elege maioria de conselheiros em eleição no Grêmio

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O presidente Fábio Koff saiu fortalecido da eleição que renovou metade das cadeiras do Conselho Deliberativo do Grêmio. No pleito ocorrido neste sábado, a Chapa 2 (Faixa no Peito), grupo apoiado pelo atual mandatário gremista, elegeu 88 conselheiros das 150 vagas disponíveis. As outras 62 cadeiras ficaram com a Chapa 7 (#VemproGrêmio). Cerca de 8,5 mil dos 37,8 mil sócios aptos para votar compareceram às urnas ou enviaram seus votos por correspondência.

Pelo regulamento, somente as chapas que obtivessem ao menos 20% dos votos poderiam eleger conselheiros. Somente as chapas 2 e 7 superaram a cláusula de barreira. Um dos nomes que voltou para o conselho gremista é o de Alberto Guerra, vice de futebol em 2010 ao lado de Rui Costa, quando Renato Gaúcho foi técnico em sua primeira passagem pelo Tricolor.

O mandato dos novos conselheiros gremistas vai até 2019. A outra metade do conselho será renovada em 2016. A próxima eleição presidencial no Grêmio ocorrerá no final do ano que vem.

Resultado da eleição gremista:

Chapa 2 (Faixa no Peito): 2.509 votos (29,5%) – 88 conselheiros e 18 suplentes
Chapa 7 (#VemproGrêmio): 1.790 votos (21,1%) – 62 conselheiros e 12 suplentes
Chapa 5 (Grêmio Maior): 1.354 votos (15,9%)
Chapa 4 (Juntos pelo Sócio): 1.122 votos (13,2%)
Chapa 1 (Grêmio do Prata): 804 votos (9,5%)
Chapa 3 (Nação Tricolor): 462 votos (5,4%)
Chapa 6 (Somos Grêmio): 454 votos (5,3%)

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade