Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Guto Ferreira exalta liderança de Souza e redenção de Corrêa

Bruno Grossi, especial para a GE.net São Paulo (SP)

Embora o Diogo tenha sido a grande peça da Portuguesa para bater o Vasco da Gama por 2 a 0 e tirar a equipe provisoriamente da zona de rebaixamento, Guto Ferreira elegeu mais dois responsáveis pela reação do time no Campeonato Brasileiro. Para o técnico, os experientes Corrêa e Souza terão papel fundamental no segundo turno do torneio.

O volante teve nova chance como titular depois de perder a vaga para o suspenso Bruno Henrique e não decepcionou. Segundo Guto, o ex-palmeirense andava chateado com o mau futebol e assim que soube que seria titular diante dos vascaínos garantiu ao treinador que faria um grande jogo para recuperar a própria imagem perante os torcedores rubro-verdes.

“Enquanto a gente se concentrava para a partida o Corrêa me chamou para uma conversa e disse: ‘Professor, preciso fazer meu jogo’”, revelou o comandante. Mais tarde, o volante confirmou o papo e exaltou o retorno à posição de segundo homem de meio de campo: “O profissional está acostumado às cobranças, mas desde que o Guto chegou esse foi meu primeiro jogo minha posição de origem. Estou feliz por ter ajudado”.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Guto Ferreira chegou à quarta vitória na Lusa e conta com o apoio dos veteranos para escapar da degola
Já Souza foi elogiado pelo poder de liderança dentro do elenco da Portuguesa. O veterano camisa 10 foi um dos destaques da vitória sobre a Ponte Preta na última semana, mas teve atuação discreta no confronto com o Vasco na última quarta-feira. Guto, no entanto, afirma que o armador tem ajudado os companheiros a vencer a falta de confiança pela situação incômoda na tabela.

“Souza disse na saída do gramado que a Lusa não cai. Como um dos líderes do grupo, ele demonstra espírito coletivo. A confiança está vindo porque estão sentindo o que estão fazendo dentro de campo. Mesmo quando perdemos, não perdemos jogando mal. Nunca deixamos de lutar”, exaltou o técnico, que chegou a 11 partidas à frente da Portuguesa, com quatro vitórias, quatro derrotas e três empates.

O próximo compromisso lusitano na Série A já tem data marcada e será mais uma vez contra uma equipe carioca e que está na briga para fugir do rebaixamento. Neste sábado, às 21 horas (de Brasília), a Portuguesa encara o Fluminense no Maracanã e não sabe se poderá contar com o meia Moisés, que deixou o gramado lesionado ainda no primeiro tempo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade