Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Henrique apoia permanência de Kleina: “Estamos fechados com ele”

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

 

A diretoria do Palmeiras pode até não ter decidido ainda se continuará com Gilson Kleina na próxima temporada, mas o elenco vem manifestando apoio à permanência do treinador. No dia em que o técnico completa um ano no clube, o capitão Henrique se disse surpreso com as informações envolvendo o nome de Vanderlei Luxemburgo e declarou sua satisfação com o atual comandante.

“Estamos mentalizados no que temos de fazer, e o time vem jogando bem. Por isso, fomos pegos de surpresa, mas todo mundo soube lidar com isso e estamos fechados com ele”, afirmou o zagueiro.

Henrique sabe que o treinador tem contrato apenas até o fim do ano, mas destaca o trabalho do técnico na reestruturação do time depois do rebaixamento no Campeonato Brasileiro do ano passado.

“Ele já fez muita coisa pelo Palmeiras. Quando pegou o time, estávamos em uma fase ruim, difícil, mas ele assumiu a responsabilidade e encarou a dificuldade de frente. Hoje, estamos em momento bom por culpa dele também, que sabe lidar com o grupo e passa confiança a todos”, declarou.

Kleina assumiu a equipe no decorrer do Brasileirão passado, substituindo Luiz Felipe Scolari, com a missão de salvar o clube do rebaixamento. Apesar de a queda para a Série B ter sido confirmada, o treinador foi mantido, até mesmo depois da troca do presidente Arnaldo Tirone por Paulo Nobre.

Agora, com seu contrato próximo do fim, o técnico vive a incerteza de sua permanência, mesmo liderando a segunda divisão com tranquilidade, depois de eliminações no Campeonato Paulista, na Copa Libertadores e na Copa do Brasil.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Zagueiro Henrique se diz surpreso com os comentários sobre uma troca na comissão técnica

“Ele é muito claro e simples, aberto a conversas. Para nós, jogadores, é uma pessoa fundamental. O começo do ano foi difícil, porque não é fácil ser rebaixado e se erguer. Ele tem o respeito dos jogadores e também respeita o grupo”, acrescentou o zagueiro. “É uma pessoa do bem e todo mundo gosta dele, pois é transparente dentro e fora de campo. Tem todo o nosso apoio”.

Henrique também trabalhou no Palmeiras com Vanderlei Luxemburgo, sendo campeão paulista sob o comando do técnico em 2008. Depois, o zagueiro foi para o exterior, retornando ao Verdão na era Felipão. O capitão alviverde também elogia os outros dois profissionais, mas explica que defende Kleina pelo trabalho atual do técnico.

“Luxemburgo e Felipão são grandes treinadores, sem dúvida, mas falo do momento que vivemos. São todos grandes treinadores, parecidos, porque dão liberdade e conversam muito”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade