Futebol/Brasileiro Série B - ( )

Henrique garante que Palmeiras atual brigaria pela ponta na Série A

São Paulo (SP)

O Palmeiras foi eliminado logo na primeira fase que disputou na Copa do Brasil, mas a campanha na Série B do Brasileiro, com 15 pontos de vantagem para o primeiro clube fora da zona de acesso e a três da segunda colocada Chapecoense, é a base da análise do time. Tanto que o capitão Henrique garante: o time tem condição de ocupar as primeiras colocações da elite.

“Com certeza, brigaríamos lá na frente”, opinou o zagueiro, com o empenho como argumento para sua projeção. “Temos um bom time, um elenco forte e já provamos isso. Este elenco tem uma união muito grande que faz a diferença.”

Para fortalecer sua justificativa, o camisa 3 ressalta as complicações da segunda divisão. No Verdão, existe uma insiste explicação de que o torneio é até mais difícil do que a Série A porque subir é uma obrigação para equipe, e basta ficar sem vencer algum jogo para as cobranças aumentarem.

“A Série B é complicada também. Temos a obrigação de subir, sofremos essa cobrança. E os times se dedicam e se doam contra o Palmeiras ao máximo e complicam o jogo. As diferenças são poucas entre as Séries A e B”, opinou Henrique.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Capitão mantém discurso contido sobre acesso antecipado, mas vê time em condições de liderar Série A
Mas, apesar de projetar seu time na Série A, o zagueiro mantém o discurso de cautela para não prever já o acesso. “Pensamos a cada jogo, independentemente da situação. A cada jogo, queremos somar pontos”, esquivou-se o defensor.

Internamente, porém, o Palmeiras já faz as contas para subir. Nos cálculos da comissão técnica, bastam 17 pontos nas 16 rodadas que restam para se garantir na primeira divisão do ano que vem.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade