Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Ídolo do Criciúma, Wilsão celebra oportunidade como auxiliar no time

Criciúma (SC)

Atleta profissional entre 1985 e 2002, Wilson Vaterkemper garantiu seu nome na história do Criciúma ao disputar mais de 400 partidas e assegurar sete títulos (seis estaduais e uma Copa do Brasil). Aos 46 anos, o ex-zagueiro foi contratado pela alta cúpula do clube catarinense, mas desta vez para ser o principal auxiliar do treinador Sílvio Criciúma, com quem já trabalhou em temporadas anteriores.

“Fico honrado de defender as cores deste clube, independente do setor que eu trabalhar, seja na base ou no profissional. Estou feliz que a diretoria tenha confiado no meu trabalho e me convidado para ser auxiliar técnico. Já conheço o Sílvio há muito tempo. Temos um convívio grande, inclusive já jogamos juntos. Não tenho dúvidas de que posso acrescentar de forma positiva em diversas situações”, afirmou Wilsão.

Em 2012, Sílvio e Vaterkemper já haviam comandado o Criciúma interinamente em 14 partidas entre o Campeonato Estadual e Copa do Brasil. Neste ano, por sua vez, a chance de a dupla ser reeditada apareceu em 23 de agosto quando o treinador Vadão foi demitido e deu lugar ao até então seu auxiliar, Sílvio.

“O campeonato é equilibrado e o Criciúma tem um bom elenco. Já passei por diversos desafios e vou encarar mais esse de frente, assumir a responsabilidade junto e trabalhar muito”, encerrou o novo auxiliar, que estava no comando do time júnior do clube catarinense.

Com os resultados dos jogos desta rodada do Campeonato Brasileiro, o Criciúma caiu na tabela de classificação e entrou na zona de rebaixamento, ocupando a 17ª colocação, com 24 pontos. A equipe catarinense volta a entrar em campo neste domingo, às 18h30 (de Brasília), quando mede forças com Santos, na Vila Belmiro, em partida válida pela 23ª rodada da competição nacional.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade