Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Inter interrompe sequência de empates derrubando o Corinthians

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Acabou a sequência de seis empates consecutivos do Internacional no Campeonato Brasileiro. Com um gol de D’Alessandro, o Colorado venceu o Corinthians por 1 a 0 no Estádio do Vale, nesta quarta-feira. O resultado interrompe outra longa série: o Timão não conhecia uma derrota no Brasileirão havia dez jogos.

O primeiro tempo foi extremamente truncado e cheio de polêmicas. O lance mais importante ocorreu aos 23, quando o árbitro validou um gol de Fabrício para o Inter, mas voltou atrás ao ver que o goleiro Cássio sofrera falta de Leandro Damião. O Colorado abriu o placar com D’Alessandro, no começo do segundo tempo, e correu poucos riscos depois, administrando a vantagem até o fim da partida.

Com o resultado, o Internacional sobe para sexto lugar, com 27 pontos e um jogo a menos. O Corinthians estaciona nos 29, na quinta posição. As duas equipes fecham o primeiro turno contra adversários que estão na zona de rebaixamento. O Colorado visitará a Ponte Preta, em Campinas, no sábado. O Corinthians jogará contra o lanterna Náutico, no domingo, no Pacaembu.

Alexandre Lops/Divulgação/Internacional
O meia D'Alessandro cobrou a discutível falta que decidiu o confronto no Estádio do Vale
O jogo – O primeiro tempo foi bastante conturbado e cheio de lances polêmicos. O Corinthians começou melhor: aos dois minutos, Romarinho deu uma deixadinha para Emerson, que ingressou com liberdade e chutou torto, da entrada da área, levando perigo. Aos sete, foi Ibson quem chegou para a conclusão, mas o chute saiu pela linha de fundo sem assustar o goleiro Alisson.

Depois de um começo propositivo, o Timão passou a esperar o Inter, que aos poucos foi impondo seu ritmo. A equipe colorada, no entanto, não conseguia ingressar na área, dada a solidez da defesa corintiana. Aos 23, o lance mais polêmico do jogo: Gabriel cruzou para a área, Leandro Damião se chocou com Cássio e a bola sobrou para Fabrício, que emendou para o gol vazio de fora da área. O árbitro deu o gol, mas, vendo o goleiro do Corinthians caído, recuou e marcou a falta de Damião, causando revolta no Colorado.

O jogo ficou parado duas vezes. Primeiro, por cinco minutos, até que Cássio fosse atendido. Nessa confusão, o técnico Tite saiu em disparada para falar com o auxiliar no momento em que o árbitro Paulo Henrique Bezerra marcou o gol. Por conta disso, o treinador corintiano foi expulso. Cássio voltou, mas não teve condições de seguir em campo e Danilo Fernandes o substituiu. Mais três minutos de parada.

Aos 36, mais polêmica: Emerson tentou afastar a bola da área do Corinthians, mas furou. A bola subiu e bateu no seu braço. Os jogadores e torcedores do Inter, já irritados com a anulação do gol de Fabrício, foram à loucura pedindo pênalti, mas Bezerra não marcou a penalidade. No minuto seguinte, boa chegada do Inter: D’Alessandro arriscou de fora da área e Danilo Fernandes espalmou para escanteio.

Divulgação/Agência Corinthians
Desfalcado, o ataque do Corinthians encontrou muita dificuldade no Sul (foto: Daniel Augusto Jr.)
O Internacional seguiu mais aceso na volta do intervalo. Aos três minutos, Scocco bateu escanteio fechado, obrigando Danilo Fernandes a uma difícil defesa. Aos oito, Douglas tocou com a mão na bola na lateral direita de ataque do Inter. D’Alessandro bateu fechado, a bola desviou em Romarinho e entrou: Inter 1 a 0.

Com o gol sofrido, o Corinthians passou a sair mais para o jogo, mas tinha dificuldades de criar perigo para o Inter, pois insistia demais pelo meio, setor povoado pelo Colorado. A saída de Scocco para a entrada do volante Josimar, aos 28, trouxe o time da casa todo para trás, e chamou o Timão para a pressão. No entanto, o time paulista não teve criatividade para furar o bloqueio gaúcho e saiu derrotado de Novo Hamburgo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade