Futebol/Brasileiro Série A - ( )

Interino absolve Elias, nega desespero, mas admite: “Estamos frustrados”

São Lourenço da Mata (PE)

O Flamengo deixou escapar, no último domingo, uma grande oportunidade de voltar a vencer e ser recuperar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Enfrentou o Náutico, lanterna e dono da pior campanha da história da competição na era dos pontos corridos, fora de casa, mas não conseguiu vencer e amargou um melancólico empate por 0 a 0. Após a igualdade, o técnico interino do Rubro-Negro, Jayme de Almeida, apesar de lamentar o resultado, negou que haja desespero para o time carioca, atual 16º colocado do Brasileirão.

“Viemos com intuito de vencer, mas jogo contra o Náutico é sempre difícil. Seria leviandade nossa achar que os três pontos cairiam do céu. No primeiro tempo, tivemos um bom controle do jogo, criamos inúmeras jogadas que poderiam resultar em gol, foi de razoável para bom. Criamos as chances e a bola não entrou. No segundo tempo, o time perdeu controle do jogo, que ficou perigoso com os contra-ataques do Náutico”, avaliou.

O comandante seguiu analisando o duelo e, como não poderia deixar de ser, lembrou do 'fatídico' lance de Elias no final da partida. Aos 48 minutos da segunda etapa, o volante teve a bola nos pés com o gol aberto e isolou uma das chances mais claras do Campeonato Brasileiro de 2013, decretando o empate rubro-negro. “O Fernando só entrou no jogo depois de dez minutos e, no fim do segundo tempo, tivemos a bola da partida. Mas, infelizmente, o jogador que tem nos dado alegria (Elias)...A bola veio difícil para ele, veio dentro do corpo. Acontece. Eram os três pontos. Temos que continuar nessa caminhada. Não adianta desespero”, decretou.

Apesar disto, Jayme revelou como estava o clima do vestiário flamenguista após a partida do último domingo: “Todo mundo frustrado”. Além disto, contou que não cria expectativas sobre seu futuro no comando do time carioca, mas disse que está pronto para aceitar uma possível efetivação. “Avaliação quem faz é a diretoria. Se continuar na quarta-feira, estou pronto, preparado para trabalhar. Não é peso. Se tiver que estar no jogo de quarta, tudo bem; se tiver que voltar a ser auxiliar, tudo bem, também”, encerrou.

De volta ao Rio de Janeiro, o Flamengo se reapresenta no Ninho do Urubu às 15 horas (de Brasília) desta segunda-feira. Atual décima sexta-colocada do Campeonato Brasileiro com 27 pontos, a equipe da Gávea agora foca suas atenções na Copa do Brasil. Nesta quarta-feira às 21h50 (de Brasília), o time começa a sua caminhada nas quartas de final do torneio, contra o Botafogo, no Maracanã. Pelo Brasileirão, o próximo compromisso é somente no próximo domingo, contra o Criciúma, também no Rio de Janeiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade