Futebol/Campeonato Italiano - ( )

Italianos veem Kaká "enferrujado", mas creem na melhora do meia

Milão (Itália)

Kaká foi o centro das atenções nesta terceira rodada do Campeonato Italiano. Reestreando oficialmente pelo Milan, o meia, que não vinha jogando regularmente no Real Madrid, não conseguiu corresponder às expectativas e foi definido pela imprensa italiana em um adjetivo: “Enferrujado”.

Esta leitura foi feita pelo jornal Gazzetta dello Sport, que, por outro lado, reconheceu a forte marcação sofrida pelo brasileiro e compreendeu a atuação discreta. De acordo com o diário, “melhores tempos virão” para ele, que poderá voltar a ser o “Ricky” de 2007, eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa.

Técnico do time rossonero, Massimiliano Allegri também defendeu a exibição de Kaká durante a coletiva de imprensa após o empate com o Torino, por 2 a 2, em Turim. “É normal, porque ele não jogava há muito tempo. Mas ele foi bem no ponto de vista da intensidade”, elogiou.

AFP
Sem ritmo de jogo, Kaká esteve apagado durante sua rrestreia pelo Milan (foto: Marco Bertorello)
Já o Tuttosport foi mais simples em seus comentários: “Kaká não brilhou, mas também não comprometeu”. A publicação também destacou a câmera exclusiva que a Skyda Itália usou para focar o debute do brasileiro, artifício apelidado de “Ricky Cam” (a câmera do Ricky, do inglês).

Kaká voltará a se vestir de preto e vermelho – embora ele tenha usado o uniforme branco do time na igualdade deste final de semana – contra o Celtic, da Escócia, nesta quarta-feira, pela primeira rodada da Liga dos Campeões da Europa. A partida será válida pelo Grupo H da competição continental.

E o adversário traz boas lembranças para Kaká. Na Champions League da temporada de 2006/2007, ambos se enfrentaram nas oitavas de final, com um empate sem gols na Escócia e uma vitória italiana por 1 a 0 no San Siro – Kaká fez o único gol durante a prorrogação.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade