Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Josué quer Atlético-MG com sincronia entre defesa e ataque

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O técnico Cuca poderá contar com o retorno do volante Josué para a partida de sábado, contra o Vitória, no Barradão, mas perde Pierre, principal responsável pela marcação no meio-campo do Galo. Com isso, o treinador alvinegro pode optar por uma formação mais ofensiva, mesmo jogando fora de casa. Neste caso, Luan seria recuado para o meio.

“A equipe tem de jogar numa sincronia. Para isto, o ataque tem que marcar gols e defender. E a defesa tem de caprichar nas bolas paradas e ir bem atrás”, disse o volante atleticano, que entende que é possível atuar de forma ofensiva sem descuidar do setor defensivo, mas cita o jogo contra o Fluminense como exemplo para a equipe recuperar.

“É uma opção do Cuca para uma partida no Independência. O pensamento é conseguir os três pontos, por isso a formação bem ofensiva. Claro que a gente corre os riscos. Saímos duas vezes atrás do placar e isso é sempre complicado. Se fosse o contrário ia ser mais fácil”, comentou.

Para o duelo contra o Vitória, Cuca perde além de Pierre, o zagueiro Réver, peça importante da defesa, juntamente com Marcos Rocha, que serve a Seleção Brasileira. Alecsandro e Jô também são desfalques para o duelo contra os baianos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade