Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Luis Fabiano tem cautela: "Saiu a testa da água, falta o corpo"

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Mesmo tendo sido o autor do único gol do jogo desta quinta-feira contra a Ponte Preta, Luis Fabiano não se empolgou em excesso com a vitória por 1 a 0 sobre a Ponte Preta. Até porque o resultado no Morumbi ainda não livra o São Paulo da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

"Essa vitória vai nos dar um pouquinho de tranquilidade. A gente tira a testa da água. Mas agora falta a cabeça, o corpo inteiro. Pouco a pouco, a gente vai saindo", disse o atacante, que balançou a rede aos dois minutos do segundo tempo, com um toque de bico, após ótima assistência de Paulo Henrique Ganso.

"Foi biquinho. Nessa fase, vale tudo. Tinha tentado muito no primeiro tempo, mas o goleiro foi feliz. Pegou alguns chutes que dei. No segundo, consegui um biquinho salvador", lembrou, rindo.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Luis Fabiano saiu de campo como herói tricolor, mas sabe que precisará fazer mais para salvar o time
Um dos poucos jogadores não ovacionados pela principal torcida organizada antes da partida, ele deixou o gramado tendo seu nome gritado pelo restante da arquibancada.

"É sempre assim", ironizou. "Quando contribuo, sou saudado, quando encontro dificuldade e as coisas não vão bem, sou contestado. Mas sigo meu trabalho tranquilamente, com a cabeça erguida, com honestidade, dando meu máximo pelo São Paulo sempre. Na medida do possível, vou tentar ajudar sempre com gol ou com meu melhor. Hoje, pude ajudar com gol".

Com 21 pontos ganhos, ainda no antepenúltimo lugar da competição, o São Paulo volta a campo no domingo, diante do Vasco, em São Januário. A preparação para esta partida começa na tarde desta sexta-feira, no CT da Barra Funda.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade