Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Mano Menezes pede demissão e deixa o comando do Flamengo

Rio de Janeiro (RJ)

Mano Menezes não é mais técnico do Flamengo. O treinador pediu demissão nesta quinta-feira, depois de a equipe ser derrotada de virada por 4 a 2 pelo Atlético-PR, em pleno Maracanã. Ele anunciou sua decisão em entrevista coletiva após a partida.

“Conversei com os jogadores e depois com o (executivo de futebol) Paulo Pelaipe. Estamos encerrando um ciclo. Senti no resumo do jogo hoje [quinta-feira] que não consegui passar para o grupo aquilo que penso sobre futebol. E quando isso acontece, é porque o treinador tem quem sair. Foi com essa visão que tomei essa decisão difícil, mas que julgo ser a mais correta”, afirmou.

Mano acertou com o Flamengo em junho, substituindo Jorginho. Foi o primeiro trabalho do agora ex-treinador depois de ele ser demitido da Seleção Brasileira. Sob seu comando, a equipe não conseguiu emplacar uma série significativa de vitórias - foram 22 partidas oficiais, com nove triunfos, sete empates e sete derrotas, um aproveitamento de 50%. Atualmente, o Rubro-Negro ocupa a 15ª posição do Campeonato Brasileiro, dois pontos acima da zona de rebaixamento. Na Copa do Brasil, está nas quartas de final, etapa em que enfrenta o Botafogo.

No jogo desta quinta-feira, o Flamengo fez dois gols em sete minutos, mas viu o Atlético-PR virar ao longo da partida. Já com o placar desfavorável, a equipe ouviu gritos de "time sem vergonha" e pedidos pela saída de Mano Menezes vindos das arquibancadas.

Neste domingo, o Flamengo enfrenta o Náutico no Recife, pela 23ª rodada do Brasileiro, com o auxiliar Jayme de Almeida provisoriamente no comando.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade