Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Martelotte tem dúvidas na escalação para o jogo contra a Ponte Preta

Recife (PE)

Satisfeito com a grande atuação do Náutico na vitória por 3 a 0 sobre o Coritiba, sábado, na Arena Pernambuco, o técnico Marcelo Martelotte treinou a equipe nesta segunda-feira, mas tem diversas dúvidas para escalar o time que enfrenta a Ponte Preta, já nesta terça-feira, em Campinas.

"Fiquei satisfeito com a atuação do time contra o Coritiba e com o fato de ganhar mais opções de jogadores. Vou pensar até amanhã, mas, de qualquer maneira, não podemos mudar muito a maneira de jogar da equipe com relação à parte tática para este jogo”, afirmou o comandante alvirrubro.

No gol, Ricardo Berna voltou aos treinos após quatro partidas fora de ação e já pode jogar. Mas as boas atuações de Gideão nas últimas partidas dificultam a escolha do treinador.

No ataque, o grande desempenho de Maikon Leite, autor de três gols nas últimas duas partidas, deixa o ataque com uma vaga a menos, vaga essa disputada por João Paulo, Hugo e Olivera. O uruguaio também teve grande atuação diante do Coxa e se tornou uma opção para o treinador, caso este deseje alterar o esquema ofensivo do time.

O retorno de alguns titulares também dá mais opções para Martelotte. Após cumprir suspensão diante do Coritiba, o zagueiro Leandro Amaro e o volante Derlei voltam a ficar à disposição e devem disputar posição respectivamente com William Alves e Dadá, elogiados pelo treinador na vitória do fim de semana.

"Uma das dúvidas é com relação ao parceiro de Maikon Leite no ataque, porque de acordo com o jogador escolhido muda-se a característica do time. Com o Olivera é uma e com o João Paulo e o Hugo é outra. Tem a questão do goleiro também. Vou ter uma conversa com o Berna para ver a sua situação. Além disso tenho à disposição o Leandro Amaro para a zaga e o Derley para o meio", completou Martelotte.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade