Futebol/Eliminatórias 2014 - ( - Atualizado )

México e Estados Unidos tentam abrir vantagem para encaminhar vaga

Cidade do México (México)

A sétima rodada do hexagonal final das Eliminatórias da Concacaf para a Copa do Mundo de 2014, que será disputada no Brasil, acontecerá nesta sexta-feira, quando Estados Unidos e México, as duas mais tradicionais equipes da disputa, tentam abrir vantagem. Os mexicanos fecham a zona de classificação com oito pontos, um a mais que seu adversário, Honduras, hoje na repescagem. Caso vença o confronto, programado para as 22h30 (de Brasília), no Estádio Azteca, na Cidade do México, o time da casa vai deixar seu concorrente direto para trás e abrir boa vantagem.

“Esse jogo eu considero chave nesta nossa caminhada rumo à Copa do Mundo. Ganhando, nós abrimos praticamente uma rodada de vantagem e faltarão apenas três partidas para as coisas serem definidas. Não cogitamos a hipótese de não estarmos no Brasil no próximo ano e, portanto, vamos com tudo para cima de Honduras. O empate será derrota para a nossa equipe nesta sexta-feira”, disse José Manuel de la Torre, técnico do México, que vem sendo muito questionado após a péssima campanha na Copa das Confederações, em junho, no Brasil, quando sua equipe foi eliminada na primeira fase.

Quem também pode se aproximar de seu objetivo é a seleção dos Estados Unidos, que lidera com 13 pontos e visita a Costa Rica, segunda colocada, com 11 pontos, em San José, a partir das 23 horas (de Brasília). Ganhando, os visitantes, dependendo de uma combinação de resultados, podem garantir, pelo menos, uma vaga na repescagem.

AFP
O atacante Chicharito Hernández, do Manchester United, é o principal jogador da seleção mexicana
Também às 23 horas (de Brasília), Panamá e Jamaica duelam na Cidade do Panamá em choque de desesperados. Com seis pontos, os panamenhos precisam da vitória para seguir no páreo, enquanto os jamaicanos, que seguram a lanterna com dois pontos, estão virtualmente eliminados.

Pelo regulamento, os três primeiros colocados deste hexagonal final garantem vaga na Copa do Mundo do Brasil, enquanto o quarto vai ter uma nova chance na repescagem intercontinental, enfrentando a Nova Zelândia, vencedora da disputa na Oceania.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade