Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Muricy dosa entusiasmo após vitória 200 em "jogo duríssimo"

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A terceira vitória do São Paulo em três jogos desde o retorno de Muricy Ramalho distanciou a equipe três pontos da zona de rebaixamento. O triunfo desta quarta-feira sobre o Atlético foi, ainda, o de número 200 do treinador pelo clube (em três passagens). Mesmo assim, na contramão dos torcedores, ele conteve o entusiasmo.

"Nossa realidade ainda é ali (na luta para escapar da segunda divisão) mesmo. A gente estava lá embaixo, ganhamos três jogos e fomos lá para cima. É muito legal, dá confiança para continuar trabalhando, mas sem empolgação, essa coisa toda", opinou, também sem ser tocado pela marca individual.

"É legal quando recebo esse tipo de notícia, mas não sou muito ligado a esses números", disse Muricy, que já é o terceiro treinador mais vencedor da história do São Paulo, atrás apenas de Feola (299 vitórias) e Poy (213), tendo superado recentemente seu mestre, Telê Santana (198).

Djalma Vassão/Gazeta Press
Treinador tricolor não se entusiasmou em excesso, mesmo tendo conquistado a terceira vitória consecutiva
Muricy, no entanto, enalteceu o desempenho de seu time nesta noite. Determinado e muito bem organizado no esquema tático 4-2-3-1 - com o meia Jadson ajudando na marcação pelo lado direito do ataque -, o São Paulo venceu com gol do atacante Welliton, anotado aos 26 minutos.

"Foi um jogo duríssimo, um dos mais duros. Pegamos o Atlético em um grande momento de novo. É um time muito forte, excepcional. E com mudanças. Eles têm plantel, tira um (jogador), entra outro, e continua bem. Falei aos jogadores: é um time muito organizado, se não jogássemos organizados, não teríamos chance", avaliou.

Com 27 pontos, três acima do 17º colocado, o São Paulo volta a campo no domingo, diante do Goiás, em Goiânia. A preparação para o jogo começa nesta quinta-feira, no CT da Barra Funda.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade