Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Muricy faz quatro mudanças em treino fechado e volta ao 3-5-2

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Pela segunda vez, Muricy Ramalho fechou parte do treino na véspera de uma partida do São Paulo. Na tarde desta quarta-feira, um dia antes da estreia na Copa Sul-americana (contra a Universidad Católica, no Morumbi), ele liberou a entrada da imprensa 50 minutos depois do início das atividades, mas acabou revelando as mudanças em entrevista coletiva.

Haverá quatro alterações em relação à equipe derrotada pelo Goiás, no fim de semana, pelo Campeonato Brasileiro: além de Denilson, machucado, deixarão o time o também volante Rodrigo Caio, o meia Jadson e o atacante Welliton, para as entradas respectivas do meia Maicon, o volante Wellington, o lateral direito Douglas e o centroavante Aloísio.

Na teoria, o desenho tático será o 3-5-2, com Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi e Antônio Carlos; Douglas, Wellington, Maicon, Ganso e Reinaldo; Aloísio e Luis Fabiano. Outra possibilidade menos cotada seria manter Paulo Miranda improvisado na direita e adiantar Douglas como ponta.

A intenção da comissão técnica é preservar alguns jogadores em função da disputa paralela do Campeonato Brasileiro, no qual o São Paulo ainda luta para se distanciar da zona de rebaixamento - o time volta a campo pela competição nacional no domingo, diante do Grêmio, em casa.

Essa foi a segunda vez em duas semanas de trabalho que Muricy usou o artifício de fechar parte do treinamento. Na primeira delas, entretanto, confirmou a escalação que enfrentaria a Ponte Preta somente no Morumbi, na tentativa de esconder que usaria três zagueiros e Mateus Caramelo de lateral direito.

"Fiz apenas um posicionamento curto", explicou, nesta quarta-feira, dia em que o grupo se dedicou mais ao rachão e a um rápido ensaio de finalizações.

Campeão da Sul-americana em 2012, o São Paulo começa a defesa do bicampeonato já a partir das oitavas de final. O duelo de ida com a Católica, repetição da semifinal da edição passada, está marcado para 22 horas (de Brasília) desta quinta-feira, no Morumbi.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade