Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

No reencontro com Grêmio, Claudinei não vê lições de eliminação

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

O Santos volta a enfrentar, três semanas após a sua eliminação na Copa do Brasil, o Grêmio. Mas o técnico do Peixe, Claudinei Oliveira, não acredita que os seus comandados tenham tantas lições para tirar da derrota, que causou a eliminação santista nas oitavas de final da competição. O treinador praiano quer ver a sua equipe jogando com personalidade na partida desta quarta-feira, a partir das 19h30 (horário de Brasília), na Arena do Grêmio.

“Avaliando aquele jogo, creio que não merecíamos perder. Claro que é sempre ruim perder em uma decisão, mas não gosto de aprender sendo derrotado. Tivemos condições de sair com a vaga naquela partida. Não demos tantas chances ao adversário, mas eles foram competentes”, disse Claudinei, tentando minimizar os erros cometidos pelo time alvinegro naquele confronto.

“Infelizmente, erros acontecem, algumas vezes. O jogador sempre procura o melhor, mas nem sempre toma a decisão correta. A maior lição que tiramos é que o Santos batalhou muito para conseguir aquela classificação. Não deu, mas serviu para mostrarmos a força do nosso grupo”, comentou.

Sobre o que espera do Tricolor Gaúcho, o comandante santista elogiou o conjunto gremista, que deve atuar quase completo nesta quarta. “O Grêmio é um time perigoso, que tem grandes atletas. A dupla de ataque deles é muito forte, com Barcos e Kleber, sem contar os jogadores de meio-campo e defesa. O Vargas também está voltando. Tem o Zé Roberto... o Elano pode jogar. É uma equipe muito forte, que devemos respeitar”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade