Palmeiras/Bastidores - ( - Atualizado )

Nobre dá busto para Oberdan como certo e diz: “justa homenagem”

Bruno Ceccon São Paulo (SP)

O busto para o ex-goleiro Oberdan Cattani no Palmeiras é uma questão de tempo. Paulo Nobre, presidente do clube, já dá a homenagem ao veterano de 94 anos como certa e comemora a possibilidade de oferecê-la ao último remanescente do Palestra Itália ainda em vida.

“Fico muito feliz de o Palmeiras prestar essa homenagem a quem realmente merece. O Oberdan é um símbolo do clube. Com suas mãos gigantes, representou como ninguém a escola de goleiros que faz parte da nossa historia centenária. É uma homenagem justíssima que vamos fazer com ele ainda em vida, o que é mais importante”, disse Nobre em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

O clube promoveu o tradicional Jantar dos Veteranos na noite da última sexta-feira. O dia 20 de setembro marca o primeiro jogo do clube como Palmeiras. Principal estrela da festa, Oberdan participou do triunfo sobre o São Paulo na chamada Arrancada Heroica de 1942.

“Fiquei feliz (com a possibilidade de ganhar o busto), mas agora precisamos esperar. Estou com 94 anos de idade e mais de 70 de Palmeiras. Quase todos os meus companheiros já se foram. Vamos ver o que vai acontecer”, disse Oberdan, hoje conselheiro vitalício do clube.

Fabio Menotti/Palmeiras/Divulgação
Paulo Nobre (d) presenteia Oberdan Cattani com camisa: o presidente dá a homenagem ao ex-goleiro como certa
Todos os ex-jogadores foram homenageados no Jantar dos Veteranos. Anunciado pelo mestre de cerimônias, o ex-goleiro, amparado e aplaudido, caminhou vagarosamente até Paulo Nobre para receber uma camisa do time atual. Assediado, ele concedeu uma série de autógrafos durante a noite.

O busto para o ex-goleiro deve ser aprovado pelo Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) do Palmeiras na próxima reunião do grupo. De acordo com Paulo Nobre, no último encontro os integrantes manifestaram amplo apoio ao projeto de homenagear Oberdan.

ENCONTRO DE ÍDOLOS 

O Palmeiras realiza o tradicional Jantar dos Veteranos anualmente. Na noite da última sexta-feira, alguns dos principais ídolos da história do clube participaram da cerimônia.

Além de Oberdan Cattani, marcaram presença nomes como Dudu, Leivinha, Edu Bala, Alfredo Mostarda e Eurico, ícones da Academia. Assim como Evair, Sérgio e Tonhão, ídolos dos anos 1990. Já Ademir da Guia não pôde comparecer.

Aldo Rebelo, ministro do Esporte, é torcedor do Palmeiras e participou da homenagem aos antigos atletas. Ele dividiu a mesa com o presidente Paulo Nobre durante todo o evento.

“Usei o argumento de que ele é o último a ter jogado no Palestra e no Palmeiras. Quase todo o COF acenou positivamente. Na próxima reunião, vou propor oficialmente o busto e tenho certeza absoluta que, pela sensibilidade de todos os membros, já está praticamente aprovado”, disse.

De 1941 a 1954, Oberdan foi tetracampeão paulista (1942, 1944, 1947 e 1950), ganhou o Rio-São Paulo-1951 e a Copa Rio-1951. Ele encerrou a carreira no Juventus e chegou a enfrentar o ex-time, o que acabou usado como justificativa para descartar o busto, mas não há nada a respeito no estatuto do clube, tanto que Ademir da Guia já jogou contra o Palmeiras pelo Bangu, em 1960.

Depois de ganhar o aval do COF, Paulo Nobre confirmou que deseja levar a proposta ao Conselho Deliberativo. Em 99 anos de clube, apenas Junqueira, Waldemar Fiúme e Ademir da Guia foram homenageados com bustos pelo Palmeiras. No ano de 2014, Marcos e, provavelmente, Oberdan entrarão para o seleto grupo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade