Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Oswaldo avalia que Botafogo esteve mais perto da vitória no clássico

Rio de Janeiro (RJ)

O técnico Oswaldo de Oliveira reconheceu que o Botafogo não começou bem a partida contra o Flamengo, nesta quarta-feira, mas considerou seu time superior no empate por 1 a 1. Por isso, o treinador acredita que o time alvinegro poderia ter vencido o confronto no estádio do Maracanã.

“Nós estávamos insistindo muito em fazer as jogadas pelas laterais e nos esquecendo do meio do campo, onde o Flamengo tinha um número maior de jogadores. Assim, estávamos perdendo o controle, mas, no segundo tempo, corrigimos isso. Continuamos fazendo a maioria das jogadas pelos lados, mas sem perder o controle no coração do jogo, no centro do gramado”, avaliou. “Poderíamos ter vencido a partida”, completou.

Divulgação/Botafogo F. R.
Edilson estava com um corte no nariz, mas fez o gol para o Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress)
O Flamengo abriu o placar logo no início do confronto, com um gol de cabeça de André Santos. Diante de um Botafogo apático, o Rubro-negro ainda teve mais chances até o intervalo, mas não aproveitou.

Já na segunda etapa, o time alvinegro melhorou muito e conseguiu o empate, em chute forte pela direita de Edílson, que desviou em Samir e enganou o goleiro Felipe. O lateral direito botafoguense estava com um curativo para estancar um sangramento no nariz quando fez o gol.

“Nessa hora, vale tudo. Eu estava cortado, mas o importante foi ter ajudado a equipe. Fizemos um excelente segundo tempo e dominamos, mas, infelizmente, a vitória não veio”, comentou o atleta. As duas equipes voltam a se enfrentar pela Copa do Brasil no dia 23 de outubro, novamente no Maracanã.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade