Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

'Padrinho' Daniel Alves brinca com Neymar: "Foi tocado por Deus"

Barcelona (Espanha)

Quando Neymar foi comprado pelo Barcelona, Daniel Alves virou uma espécie de ‘padrinho’ do jogador, ainda em fase de adaptação ao novo clube e País. Após o ex-santista desequilibrar novamente na vitória da Seleção Brasileira sobre Portugal, nesta terça-feira, o lateral-direito se exaltou ao elogiá-lo.

“Acho que, quando Neymar nasceu, foi tocado por Deus, que disse: ‘Você será o jogador’”, brincou durante entrevista ao programa Brazilmania, da Eurosport. “Ele está em um grande time, e o futebol vai se fixar nele. O mundo vai conhecê-lo melhor e ver do que ele é capaz”, acrescentou Dani Alves.

Sobre o título brasileiro na Copa das Confederações, Dani Alves destacou a superação da equipe nacional, vista como “zebra” antes da competição – bicampeã europeia e campeã mundial, a Espanha concentrava todo o favoritismo, mas foi derrotada por 3 a 0 na final, no Maracanã.

“Hoje, muitos apostariam numa vitória do Brasil, mas há três ou quatro meses, não. Essa foi a verdadeira importância do torneio pra gente”, explicou, comemorando também a chance de ser campeão diante da família. “É um sonho jogar diante da família e de pessoas que aprecia. Não tem preço”.

AFP
Daniel Alves não duvida do potencial de Neymar e crava: "Mundo saberá do que ele é capaz" (foto: Josep Lago)
No ano que vem, Daniel Alves deverá ter mais uma oportunidade de defender o País sob os olhares das pessoas que ama. É bem provável que o técnico Felipão confirme o lateral-direito no elenco que disputará a Copa do Mundo de 2014, marcada para os meses de junho e julho de 2014.

Para ele, o título da Copa das Confederações e o histórico de pentacampeão serão levados em conta no Mundial. “Demonstramos que poderemos vencer a Copa do Mundo. Muita gente duvidou do Brasil, mas temos cinco mundiais, e sempre têm que se lembrar disso”, finalizou o atleta.

Daniel Alves acabou sendo cortado do amistoso contra Portugal, realizado em Boston, nos Estados Unidos, por conta de uma lesão no tornozelo direito. O atacante Hulk, do Zenit, também ficou de fora, já que ainda não se recuperou de problema na coxa direita.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade