Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Para se recuperar de polêmica, Portuguesa recebe o Vasco no Canindé

Gazeta Press São Paulo (SP)

O Vasco encara a Portuguesa nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Canindé, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ocupando a segunda metade da tabela de classificação, as duas equipes precisam muito do resultado positivo. O Cruz-Maltino, que vem de empate sem gols com o Atlético-PR, é o décimo colocado, com 24 pontos, e pretende uma aproximação com o primeiro pelotão. Situação bem melhor do que a da Lusa, que estacionou nos 19 tentos após polêmica derrota de 3 a 2 para o Grêmio, em que teria sido prejudicada pelo trio de arbitragem. O time paulista integra a zona de rebaixamento, em 17º lugar.

Dorival Júnior, técnico do Vasco, tem procurado trabalhar o aspecto psicológico de seus jogadores, mostrando que é possível reagir e subir na tabela de classificação. Ele entende que a arrancada deve começar a partir do duelo contra a Portuguesa.

“Estamos chegando na metade do Campeonato Brasileiro e não estamos na pontuação desejada. Mas mostramos qualidade no trabalho, em poucas partidas, fomos dominados pelo adversário e isso nos deixa muito confiantes para este segundo turno. Mas sabemos que essa confiança precisa ser refletida em pontos para nos aproximarmos dos nossos objetivos. Daí a necessidade de ganharmos da Portuguesa”, analisou Dorival.

Na visão dos vascaínos, o time precisa aproveitar algumas partidas fora de casa, como esta no Canindé, para recuperar pontos perdidos como anfitrião. “Estamos no meio da tabela de classificação porque não conseguimos fazer a lição de casa em algumas partidas importantes no Rio de Janeiro, como no empate com o Atlético Paranaense no fim de semana. Portanto, temos que começar a buscar como visitantes esses pontos perdidos em São Januário. Respeitamos demais a Portuguesa, sabemos que não é fácil ganhar no Canindé, mas estamos pensando apenas em vencer”, disse o atacante André.

Arte GE.Net
Se o Vasco sonha em recuperar pontos longe do Rio de Janeiro, os jogadores da Portuguesa acreditam que podem tirar proveito do fator campo para ganharem o jogo. “Todos sabemos que a Portuguesa é muito mais forte jogando em casa e podemos muito bem derrotar o Vasco, mesmo respeitando demais esse adversário”, disse o goleiro Lauro.

Em termos de escalação, no Vasco, Dorival Júnior terá o retorno do volante Abuda, que cumpriu suspensão diante do Atlético-PR e reaparece no posto de Baiano. O desfalque fica por conta do lateral-direito Fagner, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. Assim, Nei assume o posto.

Já Guto Ferreira terá problemas para armar a Portuguesa. O volante Bruno Henrique, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Grêmio, cumpre suspensão, assim como Bruninho, expulso no mesmo jogo e que seria seu substituto. A tendência é que Corrêa herde a vaga. Na defesa, Diego Augusto deve ser o escolhido para o posto de Valdomiro, outro expulso diante dos gremistas.

As duas equipes já se enfrentaram esse ano, na estreia no Campeonato Brasileiro. Jogando em São Januário, o Vasco soube tirar proveito do fator campo naquela ocasião e construiu uma vitória magra, por 1 a 0, com um gol anotado pelo atacante equatoriano Carlos Tenorio.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA X VASCO

Local: Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 11 de setembro de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e José Javel Silveira (RS)

PORTUGUESA: Lauro; Luís Ricardo, Diego Augusto, Moisés Moura e Rogério; Ferdinando, Corrêa, Moisés e Souza; Diogo e Gilberto
Técnico: Guto Ferreira

VASCO: Diogo Silva; Nei, Jomar, Cris e Henrique; Abuda, Pedro Ken, Juninho Pernambucano e Marlone; Willie e André
Técnico: Dorival Júnior

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade