Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Paraná cai diante do Oeste e perde invencibilidade em casa

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

O Paraná Clube perdeu sua invencibilidade na Vila Capanema na Série B do Campeonato Brasileiro ao cair diante do Oeste, por 2 a 1, em mais uma partida com desempenho ruim da equipe na competição. Com o resultado, o Tricolor estacionou nos 29 pontos, na quarta colocação, e perdeu parte da gordura que tinha no G-4. Já os paulistas, com 29 pontos, seguem sua recuperação e já ocupam a 11ª posição.

A equipe rubro-negra abriu o placar aos 21 minutos da primeira etapa, com Jheimy, que aproveitou jogada de Lelê para tocar para o fundo das redes. Pablo, aos 41 minutos, marcou o segundo. Depois do intervalo, aos 23 minutos, Fernando Gabriel, pegando rebote, descontou.

Na próxima rodada, o Paraná Clube enfrenta o Paysandu, terça-feira, na Vila Capanema. Já o Oeste terá pela frente o Ceará, no mesmo dia, no Castelão, em Fortaleza.

O jogo – As equipes começaram a partida se estudando, sem muitas tentativas no campo ofensivo, com as ações restritas ao meio-campo, deixando o jogo embolado. Aos sete minutos, Edson Sitta buscou lançamento em profundidade, mas a defesa paulista se recuperou para dominar o lance. Cambará tentou a jogada do Felipe Amorim, aos 15 minutos, mas o atacante não entendeu.

A partida era fraca, com muitos erros das duas equipes. Até que, aos 21 minutos, Lelê encontrou Jheimy entrando no meio da defesa e tocou para o atacante, que dominou e bateu com categoria para ao fundo das redes. O Paraná mostrava muito nervosismo em campo e não se encontrava. Aos 29 minutos, Everton Dias arrematou e Luís Carlos fez boa defesa.

Em cobrança de falta a melhor oportunidade para o Tricolor, aos 37 minutos, com Fernando Gabriel, que buscou o ângulo e mandou pela linha de fundo. A situação paranista se complicou ainda mais aos 41 minutos. Após boa troca de passes, a bola sobrou para Pablo chutar na saída do goleiro e fazer o segundo.

Arte GE.Net

Para a segunda etapa, o Paraná voltou com Reinaldo e Henrique nos lugares de Felipe Amorim e Paulinho. Aos cinco minutos, Edson Sitta arriscou o chute de longe Fernando Leal agarrou firme. O jogo seguia tecnicamente fraco, sem oportunidades de gol e com o time da casa com uma apresentação abaixo da média.

Reinaldo pegou sobra de bola, aos 19 minutos e, no meio da área, pronto para marcar, foi travado. Mas, aos 23 minutos, Paulo Sérgio mandou um petardo, Fernando Leal salvou e, no rebote, Fernando Gabriel empurrou para o fundo das redes. O gol animou o time, que tentou começar uma pressão em busca do empate.

Reinaldo, aos 31 minutos, chapelou a defesa, entrou na área e mais uma vez foi travado antes do chute. Aos 33 minutos, Paulo Sérgio testou firme e a bola passou raspando a trave. A pressão não se manteve e o Oeste passou a administrar o ótimo resultado, dando ares de terror para a sexta-feira 13 dos paranistas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade