Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Paraná supera crise por salários atrasados e vence lanterna ABC

Curitiba (PR)

A crise por conta dos salários atrasados não afetou o desempenho do Paraná Clube, na noite deste sábado, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Em jogo realizado no estádio Durival Britto e Silva, o time da casa venceu por 1 a 0 o ABC, que fica em situação ainda mais complicada na tabela.

O gol que garantiu o triunfo ao Paraná foi marcado por Fernando Gabriel, em cobrança de falta, ainda no primeiro tempo. O triunfo serve para aliviar um pouco a pressão no clube, depois de os jogadores terem se recusado a treinar em função da falta de pagamentos.

Com o placar favorável, a equipe dirigida por Dado Cavalcanti chegou aos 39 pontos, mantendo-se no terceiro lugar tranquilo da Série B, atrás apenas de Palmeiras (45) e Chapecoense (43). Já o clube de Natal segue no último lugar do campeonato, com 14.

O time paranaense volta a campo na terça-feira, quando enfrentará o São Caetano, no estádio Anacleto Campanella. No mesmo dia, o ABC recebe o Sport, no Frasqueirão.

Arte GE.Net
O jogo - O Paraná começou melhor a partida e quase abriu o placar logo no início. Aos dez minutos, Anderson recebeu cruzamento de Fernando Gabriel e cabeceou na trave, assustando os visitantes. A equipe paranaense seguiu pressionando, sem ser muito incomodado pelo adversário.

Assim, aos 20 minutos, a equipe de Dado Cavalcanti abriu o placar. Em falta de longe, Fernando Gabriel bateu muito bem, no ângulo, e superou o goleiro Getúlio Vargas. O ritmo do jogo diminuiu no decorrer da etapa, e Roberto Fernandes mudou o time antes mesmo do intervalo, com Pingo no lugar de Giovanni Augusto.

O time anfitrião também teve alteração na etapa inicial, já que Roniery assumiu a vaga de Moacir. No intervalo, Schwenck entrou na vaga de Erick Flores, na equipe do ABC. Mesmo assim, o Paraná continuou mais presente na frente.

No entanto, o ABC até mandou a bola para as redes, mas o árbitro assinalou impedimento na jogada. Aos 38, o time de Natal também teve oportunidade em cobrança de falta na meia-direita, mas Tony acertou a barreira. Para evitar mais riscos, o Paraná se fechou para garantir o placar até o fim.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade