Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Paranistas admitem má atuação em derrota para o Azulão

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

O Paraná Clube não conseguiu manter a boa sequência de resultados na Série B do Campeonato Brasileiro e perdeu para o São Caetano por 2 a 1, no ABC Paulista. O resultado manteve o time no G-4, mas, para o volante Ricardo Conceição, serve de alerta para o time, que daqui par frente não tem mais tanta ‘gordura’ para queimar.

“A gente jogou bem abaixo do que vinha jogando. Mas é um resultado que, a nosso ver, aconteceu no momento em que podia acontecer”, afirmou o jogador, que lamentou erros em todos os setores do time. “Temos que ter consciência que não fizemos um bom jogo no setor de criação. Infelizmente tomamos um gol, num lance em que o Luís (Carlos) não conseguiu sair, e era um momento que estávamos até dominando”, completou.

Após semanas de crise extracampo, com atraso no pagamento de salários – que foram finalmente acertados nesta terça-feira pela diretoria paranista - Conceição acredita que nada disso teve peso em campo, já que no auge dos problemas o time embalou na competição. “A equipe está jogando nessa situação a mais de 10 jogos e todos sabem que isso não tem nada a era”, garantiu.

Titular na ausência de Anderson, que cumpriu suspensão, zagueiro Alex Alves, que deve seguir no time, pois desta vez Brinner recebeu o terceiro amarelo, também admitiu que o time caiu de produção, mas pede superação para encarar o Oeste, na sexta. “Sabemos que não fizemos uma partida que não estamos acostumados. O passe não estava encaixando. Agora tem que descansar para na próxima rodada fazer, quem sabe, um resultado favorável. É bola para frente, sabemos da qualidade do nosso time”, finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade