Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Paulo André avisa que Timão não pode apostar tudo na Copa do Brasil

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O zagueiro Paulo André reconhece que o Corinthians teve um desempenho abaixo do esperado no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, o jogador avisa que o Timão não pode abandonar a competição para priorizar a Copa do Brasil, que dá vaga na próxima Copa Libertadores apenas ao campeão.

“Do nosso lado da chave (na Copa do Brasil), os quatro times lutam pelo Brasileiro. Inter, Atlético-PR e Grêmio não vão priorizar nada e vão tentar chegar o mais perto possível. O próximo jogo vai ser entre o fim de setembro e outubro, quando o Brasileiro estará pegando fogo. A Copa do Brasil é uma incerteza muito grande e não dá para jogar todas as fichas nela”, comentou.

A equipe do técnico Tite é a quinta colocada no Brasileirão, com 30 pontos, dez a menos que o líder Coritiba. Já a distância para o quarto colocado, Atlético-PR, é de quatro pontos.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Paulo André explica que o Corinthians terá de se equilibrar entre Brasileirão e Copa do Brasil
“O campeão tem um aproveitamento em torno de 66%. Qualquer coisa abaixo disso fica distante de nossas expectativas. Mas estamos em quinto e temos 19 jogos pela frente. Continuamos na briga, sabendo que temos de melhorar. Precisamos de mais 40 pontos, no mínimo, para atingirmos G-4 e título”, acrescentou o zagueiro.

O Corinthians só volta a campo pela Copa do Brasil no dia 25 de setembro, quando duelará com o Grêmio, no Pacaembu, pelas quartas de final. Em 23 de outubro, as equipes se reencontram em Porto Alegre. O time que vencer o confronto enfrentará na semifinal quem sobreviver entre Internacional e Atlético-PR.

Antes disso, porém, o Timão pensa só no Brasileirão. Nesta quarta-feira, o clube paulista inicia sua trajetória no segundo turno diante do vice-líder Botafogo, no estádio do Maracanã.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade