Futebol/Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Perto de zona da degola, Fla espera duelo equilibrado contra Atlético-PR

Rio de Janeiro (RJ)

Um jogo equilibrado e decidido nos detalhes. Assim que os jogadores do Flamengo estão esperando a partida desta quinta-feira contra o Atlético-PR, às 19h30 (de Brasília), no Maracanã,  pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Tudo por conta da boa campanha do Furacão, que figura na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores com 35 pontos, nove a mais que os flamenguistas.

"O Atlético Paranaense vem fazendo uma grande campanha e sabe que precisa vencer o jogo porque está sendo pressionado pelos concorrentes que também querem uma vaga na Copa Libertadores. portanto, todo cuidado é pouco nestas condições e precisamos ficar atentos. Será um jogo ainda mais difícil do que os últimos que nós fizemos no Maracanã", disse o zagueiro Wallace.

O lateral esquerdo André Santos, autor do gol no último domingo no empate por 1 a 1 com a Ponte Preta, lembrou que a derrota do Atlético no fim de semana para o Cruzeiro interrompeu uma série de 13 jogos sem perder do Furacão no Brasileirão. Portanto, na visão do jogador rubro-negro, derrotar o rival desta quinta-feira é tarefa para poucos.

Alexandre Vidal/Fla Imagem
Ainda invicto no novo Maracanã, Flamengo não deve ter vida fácil contra o Furacão

"A partida contra o Atlético Paranaense pode confirmar a nossa subida de produção em termos de resultados, pois ganhamos os últimos jogos em casa e empatamos fora no fim de semana. Assim, estamos começando a melhorar a nossa média de pontuação e será fundamental um triunfo nesta quinta-feira. Mas é preciso atenção, pois o adversário tem muita qualidade e estava muito tempo sem perder, tendo perdido somente no fim de semana passado, fora de casa e contra o Cruzeiro, que lidera a competição", afirmou.

O volante paraguaio Víctor Cáceres pensa de maneira parecida. "A tendência é uma partida muito equilibrada, pois o Atlético Paranaense vem fazendo campanha de quem vai brigar lá na frente e o Flamengo está trabalhando com muito empenho para subir na tabela de classificação. A minha expectativa realmente deve se concretizar e será mais um confronto decicido na base dos detalhes", afirmou o paraguaio.

Em termos de escalação o time deverá ser confirmado pelo técnico Mano Menezes apenas no treino desta quarta-feira à tarde, no Ninho do Urubu, que vai fechar a preparação e dar início ao período de concentração. O goleiro Felipe, desfalque nos últimos três jogos por conta de uma torção no tornozelo direito, tem retorno assegurado e vai ocupar a vaga de Paulo Victor. Outro que volta é o volante Elias, que cumpriu suspensão diante da Ponte Preta.

Já o lateral direito Leonardo Moura, vetado na última hora contra a Macaca por dores no músculo posterior da coxa direita, vive a situação mais delicada e dificilmente jogará, com o volante Luiz Antonio permanecendo no posto. O zagueiro Chicão, livre de um incômodo muscular na coxa direita, deverá ser liberado para atuar, o que é um alívio para Mano Menezes, uma vez que Samir foi advertido com o cartão vermelho contra a Ponte Preta e terá que cumprir suspensão.

Fora de campo surgiram informações na imprensa carioca de que o clube anunciaria um reforço para o meio-de-campo esta semana, provavelmente oriundo da Série B. Porém, os dirigentes não confirmam nada neste sentido.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade