Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Perto de estreia como titular, Léo almeja “jogo da vida” no Timão

Luiz Ricardo Fini Guarulhos (SP)

O acúmulo de desfalques deve fazer o técnico Tite recorrer aos garotos formados nas categorias de base para armar o Corinthians na partida contra o Náutico, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Diante de várias ausências na frente, o garoto Léo tem grande chance de receber sua primeira oportunidade como titular.

“Se o professor Tite me colocar para jogar, sei que estou preparado. Para mim, vai ser o jogo da vida. Tenho de entrar para fazer uma boa atuação e ajudar o Corinthians a sair com a vitória”, afirmou.

Formado nas categorias de base do Alvinegro, Léo foi campeão da Copa São Paulo de Juniores do ano passado. Integrado ao elenco profissional, o garoto de 18 anos fez parte do grupo que conquistou o Paulistão de 2013 e também a Recopa Sul-americana.

Divulgação/Agência Corinthians
Léo deve ficar com vaga na frente em função dos diversos desfalques da equipe (Foto: Daniel Augusto Jr.)
O jogador deve receber sua chance como titular no domingo por conta da ausência de diversos atletas. Alexandre Pato e Paolo Guerrero estão servindo às seleções de Brasil e Peru, respectivamente, enquanto Douglas e Emerson cumprem suspensão automática. Já Renato Augusto segue entregue ao departamento médico (assim como Guilherme).

“O professor ainda não chegou a conversar comigo (sobre a chance de jogar), mas deve falar com o grupo inteiro na sexta. Vou tentar dar meu máximo para ele me colocar”, ponderou.

Na noite de quarta-feira, Léo esteve com o elenco corintiano em Novo Hamburgo, mas não entrou na derrota por 1 a 0 para o Internacional. Ainda desconhecido por boa parte da torcida corintiana (jogou apenas sete partidas), o garoto tenta explicar sua posição no gramado.

“Eu prefiro jogar aberto pelo lado esquerdo, mas tanto faz. O importante é estar em campo”, completou. Diante de tantos problemas, a provável escalação diante do Náutico é a seguinte: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Igor; Ralf e Edenílson; Ibson, Danilo e Léo; Romarinho.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade