Futebol/Bastidores - ( )

Perto de lançar filme, Marcos relembra “paquera” com o Corinthians

Yan Resende, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Maior ídolo recente da história do Palmeiras, Marcos esteve perto de trocar o clube do Palestra Itália pelo maior rival. Em 2005, quando o Corinthians tinha uma parceria milionária com a MSI de Kia Jorabichian, o time alvinegro chegou a oferecer uma boa proposta financeira para ter o goleiro no elenco, mas a identificação com o Verdão falou mais alto. Agora, perto de lançar um filme sobre a carreira, o ‘Santo’ relembra o episódio de forma bem humorada.

“Foi quando o Kia (Joorabchian) estava lá, eu fui até conversar com ele, mas aí você pensa: sair do Palmeiras e entrar no Corinthians, não dá né? Meu advogado, que era judeu, falava no dinheiro, mas aí eu respondi para ele: você falar para eu trocar o Palmeiras pelo Corinthians é a mesma coisa de eu falar para você começar a rezar para Jesus hoje”, brincou Marcos, ao falar sobre as escolhas de sua carreira em uma palestra sobre empreendedorismo.

Ao pensar apenas como um jogador profissional, Marcos acredita que a transferência para o Corinthians seria boa, já que o lado financeiro era atraente na ocasião. Ainda assim, o goleiro não deixa de ressaltar o respeito que teve na época com o Palmeiras, evitando uma saída conturbada para o rival.

Acervo/Gazeta Press
Um dos maiores momentos da carreira de Marcos foi na semifinal da Libertadores de 2000 contra o Corinthians
“Até dava para ir, como profissional, porque eu ia ganhar mais, e o jogador profissional tem só 15 anos de carreira. Seria bom, mas a forma como eu sairia do Palmeiras eu não achava legal. Eu ia ter que sair para o futebol de fora, ficar seis meses em clube na Europa, fazer uma ponte para chegar no Corinthians. Ia ser de uma forma que eu sairia pelas portas do fundo. O presidente da época, o (Afonso) Della Mônica não sabia, aí eu falei a verdade para ele e a gente chegou em um acordo”, completou.

A permanência no Palestra Itália fez com que Marcos se tornasse o nome mais importante dos últimos anos do clube. No dia 11 de dezembro de 2012, o goleiro fez seu jogo de aposentadoria, mas sua relação com o Palmeiras ainda não terminou. O filme "Santo Marcos" não deve demorar a chegar aos cinemas, com depoimentos de nomes importantes do futebol, como Luiz Felipe Scolari, Ronaldo, Romário e Neymar.

“É um documentário sobre a minha carreira, desde quando eu saí da minha cidade até o meu jogo de despedida. No começo, eu até fiquei não querendo fazer, porque ninguém gosta de abrir as portas de sua vida para conversar com todo mundo, mas o pessoal me convenceu, que ia ser uma coisa mais profissional. Já vi o documentário sem edição e ficou muito legal. Agora, imaginar que ia virar filme, eu nunca tinha homenageado, não. Espero que o pessoal goste, vai ficar muito bacana”, explicou o ídolo palmeirense.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade