Futebol/Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Perto de recorde de Ronaldo, Klose revela prioridade: “Ganhar a Copa”

Berlim (Alemanha)

A apenas dois gols de ultrapassar Ronaldo e se transformar no maior artilheiro da história das Copas do Mundo, o alemão Miroslav Klose admitiu que sua prioridade para 2014 não é quebrar o recorde do Fenômeno. Em entrevista ao diário alemão Bild nesta quinta-feira, o atacante declarou que seu maior objetivo é erguer a Taça Fifa e tirar a seleção alemã de um tabu de 24 anos sem o título mundial.

“Eu quero vencer a Copa do Mundo no Brasil. Esta é a minha prioridade. Daremos tudo o que temos, mas naturalmente isso não é garantia, porque outras equipes grandes também têm este objetivo, e você precisa respeitar isso. Mas se pudermos implementar o que fomos capazes de alcançar, eu não tenho medo”, disse o centroavante.

Até o momento, Miroslav Klose tem 14 gols contra 15 de Ronaldo, maior artilheiro da história das Copas. O alemão participou de três Mundiais (2002, 2006 e 2010) e sua pior marca foi a de quatro gols, há três anos, na África do Sul. Sagrou-se o artilheiro da Copa de 2006, dentro de sua casa, com cinco tentos, repetindo a marca já alcançada em 2002, na Coreia do Sul e Japão. Caso mantenha sua média, superará sem dificuldades o recorde histórico do Fenômeno. Como possui 35 anos, porém, 2014 deve ser sua última oportunidade de quebrar tal marca.

AFP
Klose igualou Gerd Muller como maior artilheiro da seleção alemã e pode quebrar a marca de Ronaldo em Copas

Além disso, recentemente, o atacante da Lazio, da Itália, já colocou seu nome na história da seleção alemã. Com o gol marcado na vitória por 3 a 0 sobre a Áustria, no último fim de semana, pelas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo, chegou à marca de 68 com a camisa germânica e igualou Gerd Muller como maior goleador de sua seleção nacional em todos os tempos.

No entanto, apesar de tantos recordes, Klose tem outra preocupação para 2014: Definir o seu futuro. Seu contrato com a Lazio se encerra em junho, e ele deseja voltar a jogar na Alemanha, embora sua renovação seja pretendida pela equipe italiana. Por outro lado, clubes dos Estados Unidos já sondam o atacante e estudam uma possível contratação.

“É um fato que eu recebi duas ofertas excelentes de clubes da Major League Soccer (Liga profissional dos Estados Unidos). Meu contrato com o Lazio dura por mais um ano. Quem sabe como vai acabar? Não quero descartar nada neste momento”, encerrou, adotando tom misterioso.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade