Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Por briga entre torcidas, Palmeiras perde mais dois mandos de campo

Rio de Janeiro (RJ)

O Palmeiras pode definir seu acesso à Série B do Brasileiro fora de São Paulo. Por conta da briga entre membros da Torcida Uniformizada do Palmeiras (TUP) e a Mancha Alviverde no empate com o Guaratinguetá, em 27 de julho, no Vale do Paraíba, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu o clube com a perda de dois mandos de campo, além de multa de R$ 20 mil.

O clube, que já mandou quatro jogos fora da capital na competição, cumprirá essa nova suspensão diante do Figueirense, no dia 8, e do Guaratinguetá, no dia 11, partida na qual o clube pode confirmar matematicamente o seu retorno à primeira divisão. A decisão é em última instância. Portanto, não cabe mais recursos.

Devido ao gancho mais recente, o torcedor terá neste sábado, às 16h20 (de Brasília), contra o América-RN, uma rara oportunidade de ver o time no Pacaembu. O Verdão voltará a mandar um compromisso em sua cidade somente em 26 de outubro, diante do São Caetano – serão 28 dias fora de casa, com seis jogos neste período.

A confusão que gerou a punição não foi nem registrada na súmula do árbitro e o STJD, no primeiro julgamento, absolveu o clube, mas não por unanimidade. E o Verdão ainda espera pela sessão que analisará o efeito suspensivo de Wesley e Mendieta, que tinham pegado gancho por conta de agressões a atletas do Paysandu.

A diretoria ainda não definiu onde a equipe mandará as partidas contra Figueirense e Guaratinguetá. No começo da Série B, devido à confusão entre torcedores e policiais no ano passado, o Palmeiras perdeu quatro mandos de campo, atuando seus três primeiros jogos como anfitrião em Itu (vitórias sobre Atlético-GO e Avaí e derrota para América-MG) e outro em Presidente Prudente (goleada sobre Oeste).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade