Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Por precaução, Sampaoli decide liberar Valdivia da seleção chilena

Santiago (Chile)

Preocupado com o histórico recente de problemas musculares enfrentados por Jorge Valdívia, o técnico Jorge Sampaoli preferiu liberar o meia da concentração da seleção do Chile. O camisa 10 do Palmeiras foi titular na última sexta-feira diante da Venezuela e, para evitar desgaste físico, não seguirá com a delegação para enfrentar a Espanha em amistoso.

Segundo informações da imprensa chilena, o Mago deve retornar ao Brasil ainda neste sábado para iniciar trabalho de regeneração sob os cuidados dos preparadores físicos palmeirenses. A decisão de Sampaoli deixa o técnico Gilson Kleina, que havia demonstrado temor com a convocação de Valdívia, mais aliviado para a sequência da Série B.

AFP
Valdívia voltou a vestir a camisa 10 da seleção chilena, teve grande atuação e foi liberado por Sampaoli
No duelo com a Venezuela, válido pelas Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2014, o armador alviverde foi escalado como um terceiro atacante, servindo os velozes Alexis Sánchez, do Barcelona, e Eduardo Vargas, do Grêmio. La Roja apresentou bom futebol, venceu com tranquilidade por 3 a 0 e Valdívia foi muito aplaudido pela torcida que compareceu ao Estádio Nacional, em Santiago.

“A qualidade dele é indiscutível. Ele comandou o ataque ao lado de Vargas e Alexis e fez um jogo brilhante”, elogiou Sampaoli. O treinador também reconheceu o esforço de Valdívia em campo e, por isso, optou por deixa-lo de fora do confronto com os atuais campeões do mundo em amistoso nesta terça-feira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade