Futebol/Bastidores - ( )

Por sucessor de consenso, Juvenal reúne seus pré-candidatos

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, reuniu-se na noite desta quinta-feira, no Morumbi, com os quatro nomes que poderão concorrer como seu sucessor na eleição de abril de 2014. Ficou acordado que, após se chegar em consenso a um único nome, os demais irão apoiar incondicionalmente tal candidatura.

Carlos Augusto de Barros e Silva (o Leco, atual primeiro vice-presidente), Julio Casares (vice de comunicações e marketing), Roberto Natel (vice social e de esportes amadores) e Carlos Miguel Aidar (presidente no final da década de 1980) são os pré-candidatos da situação.

A partir de agora, cada um deles terá que primeiramente desenhar uma plataforma de governo. As quatro propostas serão discutidas através de um processo democrático dentro do grupo político. Quem sobressair terá apoio irrestrito e distribuirá cargos em caso de vitória.

Leco é quem tem mais apoio dos conselheiros, porém Aidar, embora não tenha convicção de que deva retornar ao posto mais alto do clube, começa a ganhar força. Já Natel, apesar de ter seu trabalho elogiado no Morumbi, gera dúvidas, assim como Casares, que recentemente se expôs demais ao entrar em atrito público com Marco Aurélio Cunha.

Cunha havia surgido como primeiro nome de oposição até Kalil Rocha Abdalla deixar a diretoria jurídica para se lançar como pré-candidato. O ex-diretor agora tem Cunha como aliado. O ex-superintendente de futebol do São Paulo será o vice-presidente de futebol em sua chapa.

A reunião entre Juvenal e os quatro pré-candidatos, que teve ainda a presença do atual vice de futebol, João Paulo de Jesus Lopes, terminou pouco menos de duas horas antes da partida contra o Criciúma, a qual o São Paulo perdeu por 2 a 1.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade