Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Renato Abreu lamenta derrota e critica “maratona” no Brasileiro

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Escalado como titular pelo técnico Claudinei Oliveira, pela primeira vez no Santos, o meia Renato Abreu não conseguiu evitar a derrota do time praiano para o Flamengo, por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, no Maracanã. Mas o experiente jogador gostou da postura de sua equipe dentro de campo e acredita que, com um pouco mais de felicidade nas conclusões ao gol, o Peixe poderia ter conquistado um melhor resultado fora de casa.

“Jogamos bem, fizemos o que podia ser feito. Quase empatamos naquele lance com o Thiago Ribeiro (no fim do segundo tempo)”, disse Renato Abreu, que apontou o desgaste santista como um dos principais fatores para a derrota contra os rubro-negros.

Isto porque, os alvinegros bateram o Goiás, no sábado passado, na Vila Belmiro, além do Internacional-RS, na última terça, em Novo Hamburgo (RS), e voltaram a campo menos de 48 horas depois contra os cariocas.

“Nós perdemos, mas a equipe está vindo de uma ‘maratona’. Criamos boas jogadas, poderíamos ter empatado, mas não aconteceu. Faz parte do futebol. Porém, não podemos deixar de lembrar que é desumano fazer quatro jogos em um período de uma semana, praticamente. Agora vamos em busca da vitória na próxima partida”, concluiu o veterano meio-campista.

O Santos volta a jogar diante do Botafogo, no próximo domingo, a partir das 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, em confronto válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade