Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

Ronaldinho sofre grave lesão na coxa e pode desfalcar o Galo no Mundial

Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG pode ter um grande desfalque para a disputa do maior torneio de sua história. Ronaldinho Gáucho, um dos principais jogadores da equipe comandada pelo técnico Cuca, sofreu uma lesão grave em uma das coxas e deve ficar fora por mais de dois meses, colocando em risco a sua participação no Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Marrocos.

Segundo informações da imprensa mineira, Ronaldinho teve uma lesão de grau 3 no músculo adutor da coxa direita, com ruptura total do tendão, problema que teria ocorrido durante o treino no início da noite de quinta-feira.

Em entrevista à ESPN Brasil, o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, confirmou que o problema do meia de 33 anos é “grave”. Porém, ressaltou que ele ainda está sendo avaliado e que os detalhes serão dados em uma entrevista coletiva com os médicos do clube na tarde desta sexta-feira, em Belo Horizonte.

Apesar disto, o dirigente alvinegro mostrou que não desistirá de contar com o jogador para a disputa do torneio da Fifa. “Vamos montar uma operação de guerra, algo jamais visto no Brasil, para que ele possa jogar o Mundial de Clubes”, decretou.

A estreia do Atlético-MG na competição intercontinental está prevista para o dia 18 de dezembro. Até lá, Ronaldinho terá que correr contra o tempo para ter condições de entrar em campo.

Divulgação/Atlético Mineiro
Ronaldinho deve ficar mais de 2 meses longe dos gramados e pode desfalcar o Galo no Mundial de Clubes

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade