Futebol/Copa Sul-americana - ( )

São Paulo faz pausa nacional para receber Católica na Sul-americana

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O São Paulo dá uma pausa em sua luta contra o rebaixamento à segunda divisão nacional para iniciar tarefa bem mais honrosa: a tentativa do bicampeonato da Copa Sul-americana. Vencedor em 2012, o time começa a defesa do título a partir das oitavas de final, contra a Universidad Católica, às 22 horas (de Brasília) desta quinta-feira, no Morumbi.

O elenco tem nomes diferentes em relação ao ano passado. Na lista de inscritos, não estão nove jogadores - nem todos titulares - que fizeram parte daquela campanha campeã, dentre eles Lucas. O meia-atacante - que significava 40% da equipe, na opinião do capitão Rogério Ceni - transferiu-se em seguida para o Paris Saint-Germain. E o técnico também não é o mesmo: Muricy Ramalho, em vez de Ney Franco.

Embora inicie o torneio continental (cujo título dá vaga à edição seguinte da Libertadores) em fase avançada, desta vez a conquista parece mais complicada, tendo em conta que a maior preocupação no momento é se afastar de vez da zona de descenso do Campeonato Brasileiro. Os jogadores, no entanto, prometem levar as duas competições com igual seriedade.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Muricy Ramalho fechou o último treino antes do jogo, mas não escondeu as novidades na equipe titular
Muricy tem o mesmo discurso dos atletas. O treinador prometeu, ao menos a priori, encarar a Sul-americana com afinco. Por outro lado, decidiu poupar alguns atletas. Além de Denilson, machucado, saem o também volante Rodrigo Caio, o meia Jadson e o atacante Welliton, para as entradas respectivas do meia Maicon, o volante Wellington, o lateral direito Douglas e o centroavante Aloísio.

A Católica, vítima do São Paulo na semifinal da edição anterior (com empates por 1 a 1, em casa, e 0 a 0, no Brasil), também vem de revés no campeonato nacional do Chile, mas, diferentemente dos brasileiros, está na parte de cima da tabela. Era líder do Apertura até perder para o O'Higgins. Além disso, ainda é dirigida pelo uruguaio Martín Lasarte.

"Vamos enfrentar o atual campeão, que está comprometido com seu campeonato local e mudou de treinador há pouco. É um adversário importante, difícil. Mas estamos confiantes em poder fazer um bom jogo", disse o treinador, minimizando a dificuldade vidida pelo São Paulo na temporada.

"Qualquer time do futebol brasileiro te complica. As estatísticas mostram, nunca é fácil, não importa se é mais ou menos gigante, como é neste caso. O São Paulo é um time com jogadores importantes. Exceto pelo Lucas, o resto é praticamente o mesmo. Não significa que tenham menos potencial, é que vivem um momento diferente", opinou.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X UNIVERSIDAD CATÓLICA-CHI

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 26 de setembro de 2013, quinta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Darío Ubriaco (URU)
Assistentes: Carlos Pastorino (URU) e Carlos Changala (URU)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi e Antônio Carlos; Douglas, Wellington, Maicon, Ganso e Reinaldo; Aloísio e Luis Fabiano
Técnico: Muricy Ramalho

UNIVERSIDAD CATÓLICA: Cristopher Toselli, Cristián Álvarez, Hanz Martínez, Enzo Andía e Alfonso Parot; Fernando Meneses, Tomás Costa, Milovan Mirosevic e Fernando Cordero; Ismael Sosa e Nicolás Castillo
Técnico: Martín Lasarte

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade