Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Sem preferência por posição, Weldon promete ser guerreiro no Tigre

Criciúma (SC)

O Criciúma está embalado no Campeonato Brasileiro após as duas vitórias seguidas conquistadas fora de casa, contra Vitória e São Paulo. E para deixar o torcedor ainda mais confiante na reação da equipe, a diretoria apresentou mais um reforço para a temporada. O atacante Weldon vestiu a camisa tricolor pela primeira vez na última sexta-feira e prometeu empenho dentro de campo.

Aos 33 anos, o jogador que despontou como profissional pelo Santos deixou nas mãos do técnico Sílvio Criciúma a decisão sobre seu posicionamento em campo. No início da carreira e na passagem marcante pelo Cruzeiro, o paulista de Santo André atuava aberto pelas pontas, mas nos últimos anos de carreira passou a ficar mais fixo na área.

“Jogo pelas laterais e também centralizado como centroavante, vai depender de como o treinador quiser armar o time. Estou aqui para ajudar a equipe a conseguir mais vitórias e o objetivo principal, que é ficar na primeira divisão”, afirmou o atacante, que terá a concorrência de Fabinho, Lins, Cassiano, Wellington Paulista e Marcel.

Divulgação/Criciúma E. C.
Weldon agora espera regularização junto à CBF para saber quando fará estreia pelo Criciúma
Weldon não escondeu a satisfação por retornar ao futebol brasileiro depois de quatro anos jogando no exterior. Desde que saiu do Sport no meio de 2009, o atleta passou por Benfica-POR, Cluj-ROM e Changchun Yatai-CHN, mas agora garante foco total para ajudar os novos companheiros na arrancada contra o rebaixamento.

“Estava na Romênia e graças a Deus consegui acertar com o Criciúma. Estou em um grupo bom e agora vamos dar continuidade a esse momento do time. Vou ser um guerreiro dentro de campo”, prometeu o novo reforço, que já havia sido confirmado pelo clube há três semanas, mas teve de passar por exames médicos e físicos detalhados antes de assinar o contrato.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade