Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Sem Ronaldinho e Victor, Atlético-MG recebe Santos no Horto

Wanderson Lima e Rodrigo Martins Belo Horizonte (MG)

No início do returno o técnico Cuca afirmou que o Atlético-MG brigaria pelo título Brasileiro ou ao menos a conquista simbólica do segundo turno, mas com o passar das rodadas, a previsão do treinador alvinegro tem ficado cada vez mais distante. Para seguir sonhando, os mineiros precisam vencer o Santos, neste domingo, às 18h30, no Independência.

A notícia ruim para o torcedor atleticano é a contusão de Ronaldinho Gaúcho, que fica fora de combate por tempo indeterminado, devido lesão muscular grave. O craque é a principal referência dos alvinegros e sua presença era esperada no jogo deste domingo, mas o jogador acabou se lesionando no treino da última quinta-feira.

Sem R10, Cuca pode optar por Dátolo na criação das jogadas. Guilherme também seria uma opção, mas o jogador está entregue ao departamento médico e fica fora. Como se não bastasse a ausência de Ronaldinho, o Galo perde também o goleiro Victor, expulso na partida contra o Criciúma e que será substituído por Giovanni.

Mesmo com problemas, Cuca lembra que o Galo terá três jogos seguidos em casa para dar uma arrancada no Campeonato Brasileiro. Além do duelo contra o Peixe, neste domingo, o Atlético-MG tem pela frente a Ponte Preta, em partida adiada da 8ª rodada e na sequência recebe o Corinthians, no Horto.

“São três jogos e temos que trabalhar em cima do primeiro tempo que fizemos contra o Criciúma e do primeiro tempo que fizemos contra o Vasco, que foram muito bons. Estamos próximos do 5º colocado, as coisas estão se encaminhando e, ainda que não seja o ideal, o time está voltando a jogar bem, o que é importante”, disse Cuca.

Arte GE.Net
Fora de casa, o Santos sabe que precisa cometer menos erros em relação aos que foram apresentados no empate com o Timbu. O lateral-direito Cicinho acredita que os santistas estão em processo de evolução, mas podem conquistar um resultado importante, mesmo atuando na casa do adversário.

“A nossa equipe sempre entrar para vencer. É difícil passarmos um jogo sem fazer gols. Estamos em processo de evolução, tentando acertar todos os detalhes, para que possamos marcar os gols necessários e, defensivamente, ter uma boa postura também. Sabemos bem o que queremos dentro do campeonato e espero que possamos não ‘vacilar’ mais, para nos mantermos firmes na disputa pelo G-4”, discursou Cicinho.

Para este compromisso, o técnico Claudinei Oliveira tem um importante desfalque: o meia Montillo. O argentino, com uma lesão na panturrilha direita, desfalca o Santos pelos próximos dez dias. Leandrinho ou Léo Cittadini podem aparecer na vaga do camisa 10.

Em compensação, Claudinei terá os retornos garantidos do volante Arouca e do atacante Thiago Ribeiro, que cumpriram suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo, contra o Náutico. Com isso, Renê Júnior pode voltar para a reserva. No ataque, Giva perde o lugar para Thiago Ribeiro, que deve formar dupla com o centroavante Willian José contra o Atlético-MG.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X SANTOS

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 29 de setembro de 2013, domingo
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés e Luiz Claudio Regazone (ambos do RJ)

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Josué (Leandro Donizete), Tardelli e Luan (Dátolo); Fernandinho e Jô
Técnico: Cuca

SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Mena; Alison, Arouca, Leandrinho (Léo Cittadini ou Renê Júnior) e Cícero; Thiago Ribeiro e Willian José
Técnico: Claudinei Oliveira

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade