Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Sem saber se renova, Vilson é recebido com brincadeira e faz golaço

William Correia São Paulo (SP)

A frustrada negociação com o Stuttgart colocou em dúvida a antes certa renovação de Vilson com o Palmeiras. Mas a comissão técnica e o elenco provaram que querem o zagueiro. Enquanto seus representantes negociam seu futuro com a diretoria do Verdão, o atleta foi recebido com festa no treino desta quarta-feira, na Academia de Futebol.

Após passar o fim de semana na Alemanha, sem acertar com o Stuttgart, Vilson reapareceu no gramado do centro de treinamento conversando e trocando risadas com Gilson Kleina. Ao passar por repórteres, o técnico gerou gargalhada até no comandado ao afirmar “Esse aqui é o novo reforço”.

O jogador continuou falando com o treinador até chegar à metade de um dos gramados, quando passou a sorrir timidamente diante das brincadeiras dos companheiros. Quando a bola rolou, marcou gols no treino em campo reduzido com os reservas. Um deles foi um belo voleio, que virou a jogada mais chamativa da atividade.

O camisa 15 já está reintegrado ao elenco e deve reforçar o Verdão no sábado, diante do Atlético-GO, em Itumbiara, pela Série B. A diretoria decidiu que o defensor continuará cumprindo o vínculo até 31 de dezembro, que só seria rescindido em caso de acerto com algum clube europeu.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Zagueiro foi recebido com braços abertos, como pediu Gilson Kleina, mas não sabe se jogará no Palmeiras em 2014
O problema está na continuidade de Vilson. Antes de a oferta do Stuttgart aparecer, a diretoria já tinha preparado um novo contrato para ele assinar nesta semana. Os dirigentes têm a preferência garantida por cláusula na permanência do zagueiro e a ideia era tê-lo por até mais quatro anos.

A ida a Stuttgart à toa, porém, mudou a ideia da cúpula palmeirense. Publicamente, o diretor executivo José Carlos Brunoro, único que fala sobre o assunto, culpa o empresário do jogador, por ter solicitado sua liberação antes de acordar tudo com o clube alemão. Agora, novas reuniões estão ocorrendo em busca de definição se Vilson jogará ou não no Verdão em 2014.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade