Futebol - ( )

Sem "unanimidade burra", Tite mostra ânimo para começar nova virada

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Após uma sequência impressionante de títulos – dois deles na atual temporada –, bastou o Corinthians se distanciar da luta pela conquista do Brasileiro para choverem críticas. Na internet, onde as más ideias se propagam com ao menos tanta velocidade quanto as boas, houve torcedores cobrando a saída de Tite.

O momento desafiador parece ter dado nova energia ao treinador, que já superou problemas bem maiores no clube do Parque São Jorge. Questionado sobre o pedido por sua saída, o gaúcho respondeu com “o olho rútilo e o lábio trêmulo”, usando outra expressão consagrada pelo cronista Nelson Rodrigues: “A unanimidade é burra”.

Depois de se recuperar da histórica derrota para o Tolima em 2011, que custou a aposentadoria de Ronaldo, Tite quer mais uma vez provar o seu valor. De ânimo renovado, o treinador teve uma longa reunião com seus atletas antes do treino da última sexta-feira.

Divulgação/Agência Corinthians
Tite diz saber exatamente a direção para a qual pretende levar o Corinthians (foto: Daniel Augusto Jr.)
Terminada a atividade, ele chamou publicamente a responsabilidade pelo mau momento e divulgou seu plano. A ideia é obter, de uma forma ou de outra, uma vaga na Copa Libertadores do próximo ano e demonstrar que seu ciclo de conquistas em preto e branco não terminou.

Com a volta de jogadores importantes, o técnico espera começar a virada neste domingo. A partida contra o Goiás, no Estádio do Pacaembu, é uma boa oportunidade para o Corinthians comprovar que não procede a observação de que as palavras do técnico já não produzem efeito em seu grupo multicampeão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade